quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Um homem de fé!

Na rua Dr. Manoel Pedro quase esquina com a rápida para o centro, há uma pequena oficina de máquinas de costura, onde é possível observar aquelas máquinas antigas (muitas delas puramente mecânicas). A outra curiosidade da pequena oficina são os cartazes que sempre estão na calçada. Os textos são variados, mas nesse final do ano predominou o tema religioso.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Ah! O céu de Curitiba.

Não sei bem que combinação maluca de horário, luzes, lente e sensor de câmera fez resultar nesse céu púrpura, que obviamente não aconteceu senão todos os jornais do dia teriam dado destaque, mas de qualquer forma, a foto ficou bem divertida. Para quem não reconheceu, a foto foi feita no MON.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O Marco Zero (e arredores) e o Croquis Urbanos


O último encontro do ano de 2014 dos Croquis Urbanos foi na Praça Tiradentes, tendo como ponto central o Marco Zero de Curitiba. Nessa área as possibilidade para observação são muitas: as pessoas, a Catedral, os edifícios, as árvores protegidas, o Marco Zero e o Pelourinho.

domingo, 28 de dezembro de 2014

A cidade e um mirante




Há no Bosque Alemão uma linda estrutura em madeira sustentada por troncos de eucaliptos denominada Torre dos Filósofos. Com 15 metros de altura, de lá se tem uma vista privilegiada de Curitiba. Não achei na internet quais filósofos (naturalmente) alemães pretende-se homenagear, mas suponho que dentre estes estariam Leibniz, Kant, Schopenhauer, Marx e Nietzsche.

sábado, 27 de dezembro de 2014

Amar é...

... espremer a cara do namorado (ou pelo menos assim parece), dentro de um tubo na Travessa Nestor de Castro, diante de um painel de Poty Lazzarotto, numa manhã de domingo.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Grafite e tapumes


Como são muitos os grafiteiros em Curitiba, hoje em dia é muito comum os tapumes das construções que normalmente  são feios, transformarem-se em suportes para receber a arte (temporária) do grafite. Esse fica (ou ficava) na Alameda D. Pedro II no Batel.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal!

Sei que algumas pessoas ficaram incomodadas com o uso comercial do Bondinho nesse Natal, mas em nome da boa vontade que deve imperar na data de hoje, vamos abstrair um pouco e me permitam usar a foto para desejar Feliz Natal para todos vocês! Muitos presentes, abraços e comida boa para todos.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Quase Natal.

Esse ano foi bem atípico para mim. Meus pais moravam no Edifício Asa na Praça Osório. Como morei e frequentei muito a região enquanto meu pai era vivo, o Natal em Curitiba era muito mais presente para mim, pois via quando o Palácio Avenida era preparado para o Coral, percebia a agitação que a apresentação das crianças causava no centro, percebia o quanto a rua XV fica viva nessa época e acompanhava a Feira de Natal da Praça. Nesse ano porém, isso tudo passou ao largo da minha rotina e somente praticamente no fechar da feira de Natal eu passei por lá e fiz essa foto!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

O Santuário de Schoenstatt







Sem dúvida um belo lugar! Não sei explicar muito bem a sensação de paz que se experimenta ao visitar o Santuário de Schoenstatt no bairro do Campo Comprido. Acho que deve ser a união da simplicidade da capela, belas árvores, belas flores e a impressão de estar num local seguro. Se em Curitiba você precisar de um lugar para pensar ou mesmo descansar o pensamento, o endereço certo é Rua Padre José Kentenich, 552.
Shoenstatt significa belo lugar e é, também, o nome de uma pequena cidade alemã, sede do primeiro santuário, que foi construído em 1143. Na Primeira Guerra Mundial, em 1914, a pequena capela tornou-se congregação de seminaristas palotinos liderados pelo padre José Kentenich, precursor do movimento. No Brasil, através de um grupo de 12 missionárias das Irmãs de Maria de Schoenstatt, o movimento veio para o país em 1935, e o primeiro santuário foi construído em Santa Maria/RS. Em Curitiba, o Santuário Magnificat foi inaugurado em 19 de maio 1985.

Fonte: http://www.santuariotabormagnificat.com.br/

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Santuário de Schoenstatt e o Croquis Urbanos



Ontem estivemos no Santuário de Schoenstatt para mais uma seção de desenhos/pinturas e fotografias. O local é lindo, aconchegante e propício ao relaxamento, comtemplação e logicamente, oração. No final do encontro, participamos de um amigo secreto, no qual ganhei a aquarela do amigo Fabiano Vianna (que fará par com outra que já tenho). Amanhã, mostro um pouco do local em si e convido à todos a conhecerem esse lugar tão especial em Curitiba.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Cinemarden - Um guia possível de filmes




Ontem na Livraria Arte & Letra no Batel, foi lançado o livro "Cinemarden - Um Guia (Possível) de Filmes" do jornalista e blogueiro Marden Machado, que é comentarista de cinema no programa Light News da Transamerica Light, na Rádio CBN, nos programas de TV Caldo da Cultura (UFPR TV) e Fale Com Maria (TV Evangelizar).
No livro 208 filmes são comentados/recomendados. Porque 208 filmes? O Marden entende que 208 filmes representariam 4 filmes a serem vistos por semana durante um ano, uma tarefa que se pode cumprir com prazer e facilidade.
Dez coisas que o Maden espera de um filme:

  1. Um trailer que chame a atenção;
  2. Uma história com começo, meio e fim (não necessariamente nessa ordem);
  3. Uma cena de abertura que desperte o interesse pelo resto da história;
  4. Um roteiro com personagens, cenas e diálogos bem construídos;
  5. Um elenco afinado, coeso e sem exageros de interpretação;
  6. Uma direção segura, criativa e que não subestime a inteligência do espectador;
  7. Uma fotografia inspirada, que desperte a aguce os sentidos;
  8. Uma montagem que imprima ao filme o ritmo que a história precisar;
  9. Efeitos visuais e sonoros, incluindo a música, que trabalhem a favor do filme;
  10. Um final que seja aberto para que o espectador tire suas próprias conclusões (mas se for fechado também serve).
Ouço o Marden há anos no rádio e de tanto ouví-lo, tenho a nítida sensação de que se trata de um caro amigo. Conheço muitos dos filmes e personagens que ele admira. Dos 208 filmes selecionados por ele, já assisti 97, ou seja, tenho ainda um belo caminho a percorrer.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Roda de fotógrafos no MON



Fui ao MON na noite de ontem para o lançamento do primeiro livro da Roda de Fotógrafos, que conta com lindas imagens de grandes fotógrafos. Não percam a chance de conhecer.
Lá dentro porém, não consegui fazer qualquer imagem interessante, mesmo tentando. Fotografei então o MON e algumas pessoas que lá estavam.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Estátuas pichadas






Quem de fora caminhando por Curitiba passa pela Praça 19 de Dezembro, deve olhar para os monumentos meio de longe e pensar que não devem ter muita importância, dado o estado de abandono que se encontram. Não vão procurar saber quem foi Umberto Cozzo, Erbo Stenzel, Poty Lazzarotto e por que a praça tem por nome exatamente a data de hoje, o dia da Emancipação Política do Paraná (quem nem feriado é mais, sem nunca ter sido). Espero dias melhores para o nosso patrimônio histórico!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Diante dos ex-votos na Igreja do Bom Jesus

O ex-voto (do latim: Por força de uma promessa, de um voto; ou a abreviação de ex-voto suscepto - o voto realizado) é o presente dado pelo fiel ao seu santo de devoção em consagração, renovação ou agradecimento de uma promessa. As expressões votivas são tradicionalmente reconhecidas sob as formas de pinturas ou desenhos, figuras esculpidas em madeira, modeladas em argila ou moldadas em cera, muitas vezes representando partes do corpo que estavam adoecidas e foram curadas. Comumente são representados como placas com inscrições, manuscritos em papel ou como objetos de uso cotidiano, ressignificados no contexto religioso. São colocados em igrejas, capelas, estátuas, cemitérios e cruzeiros de acontecido, para pagar promessas, agradecer uma graça alcançada, consagrar ou renovar um pacto de fé. Fonte: Wikipedia. 
A foto de hoje mostra uma pessoa na Igreja do Bom Jesus no Centro, diante do local onde as velas são acesas e ao fundo, uma parede para receber os ex-votos dos fiéis.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Intervenção de Cerâmica no MON


O Museu Oscar Niemeyer (MON) recebeu no dia 05 de dezembro, no vão-livre e no gramado do MON, a Intervenção de Cerâmica, que nesta edição trará como tema “Cadeiras”, promovida pelos artistas do Projeto de Cerâmica Contemporânea de Curitiba.
O grupo é constituído por 84 artistas e, durante a criação das peças, foram oferecidas palestras com especialistas no tema. O ato de sentar, a fase da espera, o design e a funcionalidade foram o embasamento das criações e do fazer poético de cada artista, permitindo ao visitante uma infinidade de interpretações artísticas.

As obras ficarão expostas ao ar livre, como na edição anterior, quando houve a intervenção com flores de cerâmica no gramado do MON, em dezembro de 2013.
Fonte: Site do MON

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A Pastoral da Criança








Fundada em 1983 na cidade de Florestópolis, Paraná, pela médica sanitarista e pediatra, Dra. Zilda Arns Neumann e pelo então Arcebispo de Londrina, hoje cardeal emérito, Dom Geraldo Majella Agnelo, a Pastoral da Criança hoje se faz presente em todos os estados brasileiros e em outros 21 países da África, Ásia, América Latina e Caribe.
A Pastoral é alicerçada em informação de qualidade, no voluntariado e em ações que podem ser multiplicadas, gerando efeitos transformadores, contando hoje com 200 mil voluntários.
Os voluntários que atuam como líderes comunitários, vão de casa em casa, acompanhando gestantes e crianças de famílias próximas de onde mora.
A Pastoral foca seu trabalho no acompanhamento de gestantes, de crianças de zero a seis anos, de famílias e comunidades, no controle social das políticas públicas e em campanhas de mobilização pelas crianças.
No Brasil a Pastoral está presente em 35 mil comunidades em 3835 municípios, contando com 994 mil famílias cadastradas, 73 mil gestantes acompanhadas e 93% das crianças estão com as vacinas em dia. A mortalidade infantil nas comunidades atendidas pela Pastoral é de 9,3/1000 nascimentos, enquanto no Brasil esse número é de 15,6. Fora do Brasil a pastoral está presente em 17 países, onde atende a 33 mil crianças. Fonte: http://www.pastoraldacrianca.org.br/
As fotos mostram a sede da Pastoral no bairro das Mercês, onde além da grande área construída, existe um belíssimo bosque onde se pode fazer uma boa caminhada cercado de lindas árvores. Sem dúvida um privilégio aberto à quem chegar ao local.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

A Pastoral da Criança e o Croquis Urbanos de Curitiba


Ontem estivemos na sede da Pastoral da Criança que funciona hoje num prédio no bairro das Mercês onde funcionou por muito tempo o Lar das Meninas. No local, além da parte administrativa e de capacitação da Pastoral, um museu está sendo montado e vários espaços de convivência com a comunidade estarão num futuro próximo disponíveis.
Mais importante do que todo o espaço físico que visitamos, é o belo trabalho desenvolvido há décadas pela Pastoral, que salvou muitas vidas. Amanhã falarei brevemente sobre esse trabalho.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Nossos belos prédios históricos


É muito linda essa nossa cidade! Como olhar esses prédios no Largo da Ordem e não ficar alguns minutos apenas admirando cada detalhe, as cores, o conjunto. Espero que continuem assim, preservados, para contar sua história por muito, muito tempo ainda.