quinta-feira, 31 de março de 2016

Uma casinha de madeira banguela




Indo ou vindo da Praça do Gaúcho, passei e vi de relance na rua Sen. Xavier da Silva essa casa de madeira com a pintura precisando de retoque (o que confere uma variação de tons bem interessantes) e com seus lambrequins já meio banguelas.
Parei, desci e fiz algumas fotos. A casa está meio escondida, meio enclausurada pelos muros muito próximos dela, mas ainda tem seu charme.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Uma banquinha no Hugo Lange

Essa banquinha de revistas fica na rua Augusto Stresser perto da Padre Germano Mayer, uma região bem movimentada e repleta de comércios sofisticados, por isso chama tanto a atenção algo tão simples e literalmente aberto para a rua.
Esse tipo de comércio remete à uma Curitiba bem menor, mais lenta e mais segura. Bons tempos.

terça-feira, 29 de março de 2016

Curitiba ontem e hoje.







Hoje Curitiba completa 323 anos de idade (há quem não concorde com essa data, inclusive é uma história bem interessante e até divertida). Para comemorar essa data, a Câmara Municipal de Curitiba, criada na mesma data, organizou uma exposição genial.

O acervo do jornalista Cid Destefani serviu de base para que os fotógrafos Francisco Camargo e Andressa Catriny recriassem fotos dos mesmos ângulos de antes, mostrando as mudanças da cidade e das pessoas ao longo do tempo.

Apenas para atiçar ainda mais a curiosidade, a última foto mostra a última casa em estilo colonial da rua XV de Novembro (creio que a foto é da década de 40). Nossas belíssimas calçadas parasitas já enfeitavam a cidade nessa época.

A exposição permanecerá no mezanino do prédio histórico da câmara até o dia 23 de julho.

E Feliz Aniversário Curitiba!!

segunda-feira, 28 de março de 2016

USK na Boca do Brilho



Profissão das antigas, os lustradores de sapatos de forma regulamentada trabalham na Boca do Brilho há 15 anos.

Trata-se também de uma profissão meio que em extinção, já que os senhores de hoje em dia usam menos sapatos que precisam de graxa no dia-a-dia e além disso, não é mais uma profissão que atraia jovens dispostos a ganhar uma graninha. Assim, aquele tempo agradável no qual se lia um jornal ou batia-se um papo enquanto o seu pisante ganhava um brilho profissional, logo se tornará uma lembrança do passado.

No último sábado, o pessoal do Urban Sketchers de Curitiba reuniu-se na região da Boca do Brilho, registrando o local e seus transeuntes, dessa forma, esse local tão curitibano fica para sempre nos desenhos e pinturas desse povo talentoso.

domingo, 27 de março de 2016

Feliz Páscoa

O dia da Páscoa foi estabelecido por decreto do Primeiro Concílio de Niceia (ano de 325 d.C), devendo ser celebrado sempre ao domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte) e outono (no Hemisfério Sul).

A Páscoa é classificada como uma festa móvel, assim como todas as demais festividades que estão relacionadas a esta data, como o Carnaval, por exemplo.

A comemoração da Páscoa, no entanto, costuma ser entre os dias 22 de março a 25 de abril.

A Páscoa é comemorada em vários países, principalmente aqueles com fortes influências do cristianismo. Os espanhóis chamam a data de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

Etimologicamente, o termo Páscoa se originou a partir do latim Pascha, que por sua vez, deriva do hebraico Pessach / Pesach, que significa “a passagem”. Fonte: significados.com.br

Feliz Páscoa!

sábado, 26 de março de 2016

Edifício Governador



Quem nunca percebeu um prédio cilíndrico na esquina da Rua Presidente Faria com a Rua Treze de Maio? Como será que se escolhe a mobília para um apartamento circular? Será complicado?

Esse prédio chama-se Edifício Governador (qual governador, também não imagino). O projeto é de autoria do arquiteto Abrão Assad e foi construído em 1967. Sua planta se destaca pela distribuição radial, hall de elevadores e áreas de serviço mais ao centro e áreas de convívio na área mais externa.

Além de sua fachada com esquadrias contínuas, também se destaca um grafismo de azulejos em diagonais localizados na base do edifício, uma arte holográfica que muda de cor de acordo com seu ponto de vista! (Fonte: Prédios de Curitiba).

sexta-feira, 25 de março de 2016

Circulando pela Arquitetura Modernista de Curitiba - a exposição






Para comemorar os 323 anos de Curitiba, o Shopping Jardim das Américas me convidou para fazer uma exposição de fotos. Passei algumas opções e a escolhida foi a da Arquitetura Modernista de Curitiba.
Dezoito fotos ficarão expostas no primeiro andar do shopping até o dia 29/03. Como a exposição é curtinha, sugiro que a visitem o quanto antes.
Mas... se perderem a exposição, fiquem tranquilos! Essas e muitas outras fotos estarão no livro homônimo exposição, cujo projeto está no Catarse e que você pode ajudar aqui!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Três casas de madeira



Essas três casinhas de madeiras encontrei no bairro do Ahú, na região da rua Francisco de Paula Guimarães. Cada uma possui lindos detalhes como bay-window e sótão habitável da primeira; uma varanda com um respiro no alto da segunda; varanda em alvenaria e um belo muro na terceira.
O céu azul proporcionou uma bela moldura quando fotografei esse trio. Espero que durem um bom tempo ainda.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Edifício Pizzato


O Edifício Pizzato foi construído em 1940, com projeto de autoria do arquiteto Romeu Paulo da Costa, localizado na esquina da rua Conselheiro Laurindo com a rua Presidente Carlos Cavalcanti bem em frente ao Passeio Público.
O edifício tem apenas 5 andares, mas foi um dos primeiros edifícios habitacionais com essa altura na cidade. Como característica volumétrica, é marcado pela transição da varanda entre suas fachadas, solução muito adotada na época, valorizando assim as esquinas dos terrenos, como proposto no Edifício Nossa Senhora da Luz.
Fonte: site do Prédios de Curitiba, onde você encontrará muitas informações e fotos bacanas de ícones da nossa arquitetura.

terça-feira, 22 de março de 2016

100 anos do Paço

O Paço da Liberdade, que nesse ano completa 100 anos de existência, é a única edificação tombado na capital paranaense nas instâncias municipal, estadual e federal e hoje é sede de um centro cultural de referência, tendo recebido a visita de mais de 753 mil pessoas nos últimos seis anos. “A definição para abrigar as atividades de Centro Cultural do Sesc significa um compromisso com a propagação da cultura, tendo o Paço como polo irradiador. O Paço tornou-se um espaço de conhecimento e entretenimento, além de um monumento turístico responsável por atrair visitantes de todos os cantos do planeta”.
Fonte: http://www.sescpr.com.br

segunda-feira, 21 de março de 2016

Croquis Urbanos de uma casinha do Ahú






Ontem o encontro do Croquis Urbanos deveria ter acontecido no Presídio do Ahú, mas por uma questão de trâmite da lista de participantes, acabamos impedidos de entrar no local.
Não muito longe dali, uma linda casinha de madeira foi encontrada e fomos todos para lá e o evento aconteceu. 
E para marcar que o presídio estava na ordem do dia, fiz também algumas fotos dele e o amigo Francis Iwamura fez mais um de seus incríveis desenhos.

domingo, 20 de março de 2016

Igreja da Barreirinha

Seguindo pela Anita Garibaldi procurando por casas de madeira com lambrequins (o que acabei descobrindo serem em menor número do que imaginava), acabei chegando no polaco bairro da Barreirinha. Como o tempo estava excelente nesse dia, o contraste proporcionado pelo céu azul e as nuvens brancas, destacaram bem a torre da Igreja da Barreirinha.
A Igreja da Barreirinha ou oficialmente Paróquia Nossa Senhora das Graças e Santa Gemma Galgani, fica na Rua Santa Gema Galgani, 77 - Barreirinha.

sábado, 19 de março de 2016

Uma casinha azul

Essa casinha azul toda tímida e espremida pela urbe, eu fotografei ao lado do gigante estádio da baixada. Interessante constatar que ela sobreviveu ao crescimento da cidade e possivelmente para se adaptar, a placa diz que alugam quartos para rapazes.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Circulando pela Arquitetura Modernista de Curitiba - o livro



Há pouco mais de um ano a convite da Carmesim Espaço de Arte e Design, tive o privilégio de poder expor vinte e quatro fotos que havia feito de casas e prédios da arquitetura modernista de Curitiba. A exposição aconteceu na icônica Residência Belotti, projeto do grande Ayrton Lolô Cornelsen.

Agora também a convite da Carmesim, expandi para 66 a quantidade de imagens e todas elas serão reunidas num livro que será lançado num futuro não muito distante, intitulado Circulando pela Arquitetura Modernista de Curitiba. O texto de abertura será do grande Key Imaguire Jr, autoridade nesse e em outros temas relacionados à arquitetura.

Gostaria de convidar a todos vocês, amigos que circulam por Curitiba comigo e apreciadores dessa tão importante manifestação da arquitetura curitibana, a apoiar esse projeto via financiamento coletivo pelo site Catarse.

Clique aqui para acessar a página do Catarse onde vocês encontrarão as opções para apoiar o projeto, que é uma declaração de amor à Curitiba via imagens de prédios e casas que fazem parte da Curitiba que conheci e aprendi a amar desde que aqui cheguei no final da década de 70.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Scooby Doo

No dia em que acompanhei o pessoal do Croquis Urbanos à uma seção de desenhos da Arena da Baixada, fui fotografando a rotina da região. O pessoal do Skate, os transeuntes, a feirinha na Praça do Atlético e dentre eles, me chamou a atenção esse senhor levando seu Dog para passear. Apesar do tamanho, essa raça é bem dócil, tanto que inspirou o personagem Scooby Doo.

quarta-feira, 16 de março de 2016

Acima do muro do cemitério

Da Praça do Gaúcho fotografei o topo de dois mausoléus por detrás do muro do Cemitério Municipal, tendo ao centro o Palácio das Comunicações, antigo prédio da Telepar ou o BV (Bloco Vertical para quem trabalhava lá). Logicamente ajustei a posição do prédio para dar a sensação de que as três edificações estão lado a lado.

terça-feira, 15 de março de 2016

Circulando pelo Hugo Lange




Já morei no Alto da XV, moro no Bacacheri e sempre fiz compras de mercado no Cristo Rei. Transitar por esses bairros implica em circular pelo Hugo Lange, um bairro que gosto bastante pelas casas baixas, ruas tranquilas e bem arborizadas.
Ha pouco tempo resolvi circular por várias ruas que não conhecia ou que não reparava muito e acabei achando algumas casas de madeira.
Hoje mostro duas muito bonitas. A primeira é um escritório de arquitetura e a outra, uma residência. Simpáticas não?

segunda-feira, 14 de março de 2016

Croquis Urbanos de Curitiba - ano 3


Ontem não aconteceu um encontro do Croquis Urbanos de Curitiba como todas as semanas. Dessa vez o grupo reuniu-se no Palacete Garibaldi para comemorar os 3 anos de ininterruptos encontros semanais sempre retratando um lugar relevante da nossa Curitiba.

Tivemos palestras, piquenique (muito bom) e cada um dos que lá estiveram, levaram até cinco dos seus Croquis favoritos de todos os 3 anos para que eu fotografasse e que depois ficaram expostos nas mesas.

O mosaico apresenta 196 desenhos e pinturas que circularam pelo belo salão da Garibaldi e a outra foto, o desenho feito pela amiga Sueli, mostrando à mim e Mariana em nosso estúdio improvisado, fotografando e catalogando cada trabalho. 

domingo, 13 de março de 2016

Igreja do Cabral e o USK Curitiba





A Igreja do Cabral é uma construção iniciada em 1914, conforme projeto do imigrante italiano Pedro José Maria Bianco, para substituir a capelinha original dos padres Passionistas. 
O altar-mor de madeira entalhada de 1922, foi construido por firma italiana. A imagem original do padroeiro, senhor Bom Jesus, foi roubada e substituída por uma de gesso. Ampliada em 1955, recebeu uma segunda torre.
Ontem o Urban Sketchers de Curitiba visitaram e registraram em desenhos e pinturas a igreja do Cabral e sua rotina.