quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Grupo de caminhadas observacionais - os organizadores

Um reconhecimento mais do que necessário ao trabalho da dupla devidamente enquadrada acima. Em 2010 o professor de física da UTFPR Mário Sergio Freitas, participou de um curso de experimentação urbana e depois disso, decidiu organizar uma oficina de observação urbana. Estava criado o Grupo de Caminhadas Observacionais de Curitiba, que sem pressa caminha por bairros de Curitiba, num roteiro previamente selecionado e estudado pelo Mário e pelo Rafael Codognoto, artista plástico que ajuda na organização das caminhadas desde a segunda edição (creio eu).
Eu participo das caminhadas desde sua terceira edição (em maio/2011), o que já rendeu 96 posts no meu blog, bons amigos, boas fotos e o que é mais importante, mais interação e conhecimento dessa cidade que amamos.
O trabalho que o Mário e o Rafael fazem de forma totalmente voluntária, merece todo reconhecimento como relevante para a formação de cidadãos que aprendem a valorizar o que Curitiba tem de melhor para oferecer e que a pressa do dia-a-dia normalmente esconde.

3 comentários:

  1. É uma bela e relevante atividade desenvolvida com apreço e disciplina pela dupla querida; quero aqui deixar o meu obrigada, Takeuchi, pois de você recebi o convite para participar das Caminhadas Observacionais, o que foi um ponto de encontro interativo com pessoas tão interessantes em Curitiba.

    ResponderExcluir
  2. Caro Washington, este foi um belo presente para o café-da-manhã que acabei de tomar com o Rafael. Agradecemos por este texto tão generoso e sincero, e gostaríamos de aproveitar para registrar o quanto é importante para o nosso projeto a participação de pessoas como você e a Márcia, que, assim como outros caminhantes assíduos, efetivamente assumem cada Caminhada Observacional como uma oficina, ou seja, um espaço que propicia a produção artística, conforme documentado nessas 96 postagens, que como o restante do material da sua página, ajudam a melhorar a qualidade de vida dos cidadãos com os quais compartilhamos o ambiente urbano de Curitiba. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. ... a tempo: que belíssimo enquadramento! : )

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.