sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Grupo de caminhadas observacionais - Bacacheri/Cabral - Praça da Suiça



Tentei achar algum material na internet que contasse a história da Praça da Suíça no Cabral, que fica no encontro da rua Dep. Joaquim José Pedrosa e Ver. Garcia Rodrigues Velho. Não achei nada!
Segue um pouco da história da imigração Suiça para o Brasil.
Para fugir de uma crise econômica na Europa, cerca de 2 mil suíços alistaram-se para emigrar entre 1818 e 1819. Negociações entre o governo português e o cantão de Friburgo definiram os detalhes da chegada desse primeiro grande grupo ao Brasil e decidiu-se que a colônia se chamaria Nova Friburgo.
A região era assolada pela malária e diante das más condições, em 1823 os colonos de Nova Friburgo se dividiram.
A partir de 1850 os suíços foram para as fazendas de café do Oeste Paulista, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia.
Em 1851, chegaram em Joinville 75 suíços e 43 alemães. Eles ocuparam uma área que havia pertencido a Francisca Carolina, filha de D. Pedro I, daí o nome da colônia Dona Francisca. O clima adverso, infraestrutura precária fez com que dez anos depois de sua fundação, centenas de imigrantes partiram para São Francisco do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul e, principalmente, para o planalto de Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.