quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Um Guapuruvu apertado



O grande e belo Guapuruvu do lado do Teatro Guaira, imune de tesouras e moto-serras, avança como pode na fresta que lhe resta entre os prédios da rua Amintas de Barros. Seus galhos um dia irão cutucar os vidros e sacadas, será que nesse dia sua imunidade será revogada?

Um comentário:

  1. Semana passada ao sair do teatro Guaíra pela porta lateral depois do show Elba Ramalho percebi que caiam flores amarelas sobre nós. Fechando a noite!

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.