domingo, 21 de dezembro de 2014

Cinemarden - Um guia possível de filmes




Ontem na Livraria Arte & Letra no Batel, foi lançado o livro "Cinemarden - Um Guia (Possível) de Filmes" do jornalista e blogueiro Marden Machado, que é comentarista de cinema no programa Light News da Transamerica Light, na Rádio CBN, nos programas de TV Caldo da Cultura (UFPR TV) e Fale Com Maria (TV Evangelizar).
No livro 208 filmes são comentados/recomendados. Porque 208 filmes? O Marden entende que 208 filmes representariam 4 filmes a serem vistos por semana durante um ano, uma tarefa que se pode cumprir com prazer e facilidade.
Dez coisas que o Maden espera de um filme:

  1. Um trailer que chame a atenção;
  2. Uma história com começo, meio e fim (não necessariamente nessa ordem);
  3. Uma cena de abertura que desperte o interesse pelo resto da história;
  4. Um roteiro com personagens, cenas e diálogos bem construídos;
  5. Um elenco afinado, coeso e sem exageros de interpretação;
  6. Uma direção segura, criativa e que não subestime a inteligência do espectador;
  7. Uma fotografia inspirada, que desperte a aguce os sentidos;
  8. Uma montagem que imprima ao filme o ritmo que a história precisar;
  9. Efeitos visuais e sonoros, incluindo a música, que trabalhem a favor do filme;
  10. Um final que seja aberto para que o espectador tire suas próprias conclusões (mas se for fechado também serve).
Ouço o Marden há anos no rádio e de tanto ouví-lo, tenho a nítida sensação de que se trata de um caro amigo. Conheço muitos dos filmes e personagens que ele admira. Dos 208 filmes selecionados por ele, já assisti 97, ou seja, tenho ainda um belo caminho a percorrer.

2 comentários:

  1. Obrigado, Washington. Pela presença, pela amizade e pelo carinho. E obrigado também por nos revelar com seu olhar atento e poético as muitas belezas de nossa fotogênica Curitiba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A honra é minha Marden e é também um privilégio para mim e para todos que curtem cinema, termos uma pessoa inteligente como você compartilhando o seu vasto conhecimento. E para mim particularmente, que já tive provas do quanto você é uma pessoa muito bacana (não esqueço quando me ligou pessoalmente para explicar uma questão mais complexa a respeito de um filme).

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.