segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Uma breve conversa com o Zequinão








Enquanto acontecia o encontro do USK Curitiba na Mercearia Zequinão, tive a oportunidade de passar um tempo lá dentro e conversar um pouco com o Sr. Gabriel Zequinão ou Alceu ou Varanda. Ele nasceu na casa onde hoje mora e que era dos seus pais. Seu irmão e seu pai tiveram a ideia de abrir o pequeno armazém que até hoje ele cuida com grande dificuldade, uma vez que os grandes mercados praticamente acabaram com os pequenos comércios.
Contei para ele que moro mais adiante, onde hoje o bairro chama-se Bacacheri, mas que já foi um dia Planta Florestal e que disse ele, era conhecido há muito tempo como o bairro dos pobres. A hoje super movimentada Fagundes Varela, segundo ele, recebia tráfego apenas de carroças e quase tudo ali era desabitado.
Me mostrou a frondosa jabuticabeira que tem mais de 50 anos, que foi plantada pelo seu pai e que hoje atrai pássaros e pessoas que "pegam" os frutos e terminam por quebrar o pequeno muro de concreto. A jaboticabeira fica ao lado de belo pé de café.
Disse por fim que um grupo do bairro está se organizando para bancar uma nova pintura para a Mercearia, o que ele espera que aconteça nesse ano ainda. Tomara que sim.

3 comentários:

  1. Gostaria de saber o endereço da vendinha acima. Que ônibus passa próximo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. A Mercearia Zequinão fica na R. Fagundes Varela, 261 - Jardim Social. O ônibus que passa pela Fagundes é o Hugo Lange que pode ser pego na Praça Santos Andrade (a praça onde ficam o Teatro Guaíra e a sede histórica da UFPR).

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.