sábado, 22 de junho de 2013

Chove chuva chata!



A onomatopéia do título dessa postagem define bem como foi os últimos dias em Curitiba: chove praticamente sem parar em Curitiba e em muitas cidades do estado, causando inclusive deslizamentos, morte e prejuízos.
Na capital, mesmo a chuva não foi suficiente para esfriar o ímpeto de ir às ruas para manter os protestos. Apesar das poucas (e más pessoas) que aproveitam-se desse momento histórico no Brasil para serem o que são, criminosos, as vitórias já obtidas e a sensação de que o povo demonstra claramente que há limites para os desmandos dos nossos políticos, tornaram essas manifestações eventos tão ou mais relevantes que os clamaram pelas Diretas Já! Temos todos muito o que a aprender com tudo isso que tem acontecido no nosso país.
Nesse exato momento em que programo esse post, a nossa presidente (me recuso a chama-la de presidenta) pronuncia-se à nação exaltando a beleza das manifestações e condenando a violência dos bandoleiros. Declarou também que 100% dos recursos do petróleo serão aplicados na educação, que discutirá com prefeitos e governadores meios de se melhorar e baratear o transporte público e que os gastos com a copa não vieram de recursos públicos. Se a verdade foi dita (e não apenas uma forma de salvar sua imagem), o futuro dirá. Se não disse, as ruas falarão novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.