segunda-feira, 17 de junho de 2013

Na Rua Portugal



Fizemos uma pequena caminhada no Bairro São Francisco e sem dúvida é um bairro repleto de elementos dignos de observação. Na Rua Portugal encontramos algumas coincidências. Descobrimos que o dono de duas casas, que imediatamente remetem à Portugal, pertencem à um português de nascença. Na passagem, o grupo chamou a atenção de uma senhora que tem um atelier de doces na casa e tão doce quanto seus produtos, nos ofereceu uma série de amostras.
Um fato curioso. O pequeno painel de azulejos no topo da fachada foi trazido de Portugal e por incrível que pareça, apesar de serem apenas 12 peças, o pedreiro que assentou os azulejos teve a capacidade de inverter a peça central.

2 comentários:

  1. Olá, meu pai me pediu para virar o azulejo no photoshop para ele ver como o desenho ficaria, mas a única maneira em que ele faz algum sentido é girando 90 graus no sentido horário. Já que assim o retângulo ficaria em pé chegamos a conclusão de que não é um erro do pedreiro mas sim que a peça central na verdade pertence a um outro afresco e não a esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão! Imagino a frustração do dono ao descobrir que a importação dos azulejos continham um erro!

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.