domingo, 6 de abril de 2014

Um refúgio na Água Verde


Caminhando por uma rua do bairro Portão em direção a um restaurante com amigos do trabalho, passamos por uma pequena casa de madeira, num terreno muito estreito e comprido, cercada por prédios por todos os lados.
Olhando a casinha, a horta na frente e uma longa cerca de ripas na lateral, fiquei com a sensação de que deslocado estava tudo que rodeava a casa. Um verdadeiro refúgio!

2 comentários:

  1. Conheço o local e admiro o morador(a), que apesar da crescente expansão imobiliária da região, continua ali firme e forte na sua convicção.
    "A horta de um homem é seu Éden"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão. Posso apenas imaginar o prazer de poder colher o que plantou e desfrutar numa bela refeição.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.