quarta-feira, 26 de julho de 2017

Um cruzamento complicado


Há em Curitiba vários gargalos de trânsito que dificultam a vida de quem passa por eles, principalmente nas horas de maior movimento, como nos horários de almoço e final da tarde.

Esse que mostro na foto de hoje é o ponto onde a rua 13 de Maio encontra a Amintas de Barros e a Conselheiro Laurindo. Acredito que esse é o pior ponto de congestionamento do Centro, por vezes parando tudo até a Praça Tiradentes.

A foto foi feita a partir do Edifício Governador e nela podemos ver por uma fresta o Teatro Guaíra e em diagonal com suas janelas amarelas e a lateral laranja, o Edifício Araucária, projeto de 1969 dos arquitetos Lubomir Ficinski e Roberto Martins de Albuquerque (Fonte: Prédios de Curitiba).

2 comentários:

  1. O Araucária representa um marco arquitetônico da época que você menciona. Lembro da sua construção. A fachada lateral, isto é, os 'suportes' da janelas, em concreto, foram pré-fabricados; istalados peça por peça, com guindastes. O prédio do lado oposto da 13 de Maio, nem sei o nome, mas era popularmente chamado GBOEX (Grêmio Beneficente dos Oficiais do Exército), 'montepio' que financiou sua construção. Herança da ditadura, quando havia muitos 'montepios' de militares, que ofereciam planos de 'aposentadorias' de Coronel (tempos em que oficiais militares tinham salários condizentes) - todos 'quebraram'. Um dos mais 'famosos' (tristemente), foi o CAPEMI (Caixa de Pensões dos Militares), que foi encarregado de desmatar o lago do Tucuruí (no Pará) e acabou 'dando com os burros n'água', falindo e abandonando as máquinas 'no pedaço'. O lago foi cheio sobre a mata com enormes prejuízos ambientais. Sobre estas 'heranças' Collor 'deitou e rolou', extinguindo algumas estatais, como o DNOS (Dep. Nac. de Obras de Saneamento), por exemplo, quando também máquinas foram abandonadas, País afora !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas informações. Também conhecia o prédio que comentou (que tem uma passagem entre a praça e a 13 de maio) como GBOEX. O prédio da CAPEMI se bem me lembro ficava na Praça Osório.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.