sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Lançamento do livro Prédios de Curitiba



Em tempos que a história da cidade enfraquece junto com a demolição de um patrimônio, o esquecimento soa quase inevitável.

O primeiro passo para a preservação do patrimônio histórico de uma cidade é conhece-lo.

Caminhar pelas ruas, olhar um edifício e desvendar as suas histórias possibilitam o despertar de novos valores. Voltar o olhar para a cidade é uma forma de manter intacto o seu legado.

Sob essa perspectiva será lançado o livro Prédios de Curitiba.

O livro apresenta-se em três partes, uma primeira que revela 40 prédios a partir de um trabalho fotográfico, curiosidades e uma breve análise arquitetônica, uma segunda onde conta-se o processo histórico da verticalização curitibana e a última, que pretende ser um convite, uma inspiração para desbravar a cidade a partir de um relato de vida.

O projeto é uma iniciativa do arquiteto Guilherme de Macedo, sócio proprietário do LONA Arquitetos que reuniu ao projeto o também arquiteto Fábio Domingos Batista, sócio da Grifo Arquitetura, pesquisador e autor de livros na área de patrimônio histórico e eu, como fotógrafo do livro e um flâneur das ruas de Curitiba há mais de 8 anos, apaixonado pela paisagem urbana da nossa cidade.

No link a seguir, um vídeo fabuloso que passeia por vários prédios que estão no livro feito a partir de um drone. Veja o vídeo aqui.

E para você que quer na sua biblioteca ou presentear alguém com o livro Prédios de Curitiba, siga para a página do projeto onde você poderá fazer a reserva do seu exemplar.

Por fim, gostaria de lembrar que o livro será lançado no dia 29/08, terça-feira, a partir das 19h00 no Paço da Liberdade, uma das estrelas do livro e onde acontecerá a abertura da exposição do projeto.

Importante destacar que o livro foi viabilizado graças ao programa de apoio e incentivo à cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Espero vocês todos lá no Paço!

2 comentários:

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.