domingo, 1 de setembro de 2013

A Curitiba Central de Vilma Slomp


Vilma Slomp, assim como eu, nasceu e passou sua infância no norte do Paraná, vindo para Curitiba na sua adolescência. Naquela época, Curitiba ainda era provinciana, com uma população cinco vezes menor do que hoje. Apaixonada por fotografia desde criança, em 1975 em Curitiba já trabalhava como freelancer, vivendo o centro da cidade intensamente, região que fotografa até hoje de forma atenta e afetiva.
O livro Curitiba Central, lançado ontem (31/08) no estúdio que divide com Orlando Azevedo, reúne 244 imagens em branco e preto que Vilma produziu dessa relação que tem com o centro de Curitiba no período de 1979 até 2013. Esse centro é definido pela área entre a rua Ubaldino do Amaral e a Desembargador Motta e entre a Av. Visconde de Guarapuava e a Cruz Machado (com alguma flexibilidade).
Navegando pelo livro passeamos pela história do centro da cidade nesse período, vendo imagens que ainda fazem parte da nossa vida e outras que ficaram guardadas na memória, como o Robô Escorregador do parquinho da Praça Osório, onde eu brincava quando criança, levava meus sobrinhos quando adolescente e meus filhos já adulto.
O centro de Curitiba foi onde aprendi amar essa cidade e foi esse amor que me fez criar e manter esse blog até hoje, por isso fiz questão de visitar a exposição de parte dessas imagens de Vilma Slomp no MON e tenho agora a oportunidade de trazer para perto de mim ainda mais imagens com o livro Curitiba Central.

2 comentários:

  1. Washington
    Você sabe onde este livro está sendo comercializado? Obrigado
    Marcelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelo. Voce encontrara o livro no ateliê da Vilma Slomp e do Orlando Azevedo que fica na Júlia Wanderley, 161. Além do livro, tem muita coisa boa por lá.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.