sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Nireu Teixeira


Já havia postado mais de uma vez essa simpática escultura que fica ali no Centro Histórico, perto de onde Al. Dr. Muricy encontra a Jaime Reis, onde os músicos ficam quando há feirinha.
As vezes a escultura está sozinha como na primeira foto de hoje e em outros, animadamente acompanhada de convidados à sua sempre pronta mesa para receber os amigos, como na outra foto.
Não sabia quem seria ou sobre o que seria a escultura (além de celebrar a amizade) até o dia que a Dóris Teixeira me mandou uma mensagem dizendo que sua irmã, Iara, gostaria de falar comigo. 
Pois bem, mistério resolvido (para mim pelo menos). A escultura é uma homenagem à uma pessoa muito querida de todos com quem ele conviveu e pai das irmãs Doris e Iara: Nireu Teixeira.
Junto à escultura deveria existir uma placa contendo o seguinte texto de Mai Mendonça:

"Nireu José Teixeira (1929 – 2008),
curitibano da gema,
foi advogado, jornalista,
político no melhor sentido,
apaixonado por Curitiba,
leitor voraz, cronista, conversador,
amigo da cidade inteira.
Você quer ser feliz
ou quer ter razão?
A máxima abria caminhos
no Gabinete da Prefeitura,
na mesa do bar,
na roda de amigos,
no meio do conflito.
Era a pitada de humor do Nireu
que entrava na questão feito música,
tirada com maestria da caixinha de fósforos.
A dança dos dedos fazendo o batuque
compôs para Curitiba
canções do entendimento,
por uma cidade feliz e... com razão!"
Texto de Maria Luiza Nascimento Mendonça


Num post que há tempos fiz sobre "A Porta" da Rua das Flores, vocês encontrarão mais sobre Nireu Teixeira. Nesse post, há um poema no qual ele cita um espelho que havia nessa porta, que hoje em dia não mais existe. Na época do post, Dóris (filha de Nireu) comentou sobre uma foto da porta onde se poderia ver os espelhos. Coincidentemente achei essa foto (creio eu) no livro Curitiba Central da Vilma Slomp que recentemente adquiri.

Agradeço à Doris e Iara pela gentileza em me passar essas belas histórias sobre o pai delas, que pelo jeito, era mesmo um camarada bem bacana!

E respondendo à pergunta da Elizabete no comentário abaixo, o autor da escultura do Nireu Teixeira na Praça Garibaldi é do arquiteto Fernando Canalli (a Iara me contou).

2 comentários:

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.