quinta-feira, 1 de outubro de 2015

O prédio da EMATER











O edifício sede da Empresa Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater, inaugurado pelo então governador do Paraná Jayme Canet Jr em 12/03/1979 – projeto dos arquitetos Luiz Forte Netto, Orlando Busarello e Dilva Cândida Slomp Busarello – está localizado entre áreas urbanas de alta e baixa densidade.

A proposta arquitetônica levou em consideração a transição de densidades fazendo a fachada sul reta e vertical, voltada para a zona de alta densidade, e a fachada norte inclinada, para melhor harmonizar o edifício com a horizontalidade do espaço urbano.

O controle adequado da insolação e iluminação durante as estações do ano, mais luz e calor no inverno, e sombra no verão, é obtida através da solução das vigas-floreiras da fachada norte inclinada. No inverno quando o sol fica a 41 graus, possibilita a entrada dos raios solares, aquecendo o interior do edifício. No verão as floreiras que fazem o papel de "brise", com o sol a 88 graus, beneficiam o microclima interno, resultando num ambiente confortável.

O volume é definido por estrutura modulada em concreto aparente, formando pórticos a cada 10 metros. Os pórticos da fachada inclinada são interligados pelas vigas-floreiras, resultando sob essa malha estrutural um grande átrio por onde os quatros pavimentos permeiam as visuais.

Esses quatro pavimentos tem a circulação vertical no trecho central do grande átrio e as circulações de emergência nos extremos do edifício, externamente às vedações laterais e se desenvolvem segundo uma espiral de concreto armado de significativo efeito escultórico. Acoplado à face vertical da edificação encontra-se o auditório.

Texto de Dilva Cândida Slomp Bussarello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.