sábado, 3 de outubro de 2015

Poesia em Cores na Travessa da Lapa









A Travessa da Lapa recebeu um novo painel do projeto Poesia em Cores, que revitaliza locais degradados da cidade destacando em muros textos de poetas locais. O homenageado da 6º edição do projeto é o poeta Alvaro Posselt, que teve haicais e poemas pintados nos muros da Travessa da Lapa, na quadra entre as ruas Pedro Ivo e José Loureiro. 
O trabalho é organizado pela Associação dos Condomínios Garantidos do Brasil (ACGB)/Vida Urbana em parceria com a empresa Tintas Coral e com apoio da Prefeitura de Curitiba e do Tribunal de Justiça do Paraná. As ilustrações são realizadas pela equipe do Poesia em Cores com a participação de jovens que cumprem medidas socioeducativas, além de voluntários. 
Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba.

4 comentários:

  1. Me dá uma curiosidade em saber como é viver nesse prédio, na parte que fica acima da rua. Morar ao lado de uma via, todos moram. Acima dela deve ser estranho, principalmente no primeiro andar, talvez com ruídos e tremores do trânsito abaixo. Mais ainda, abrir a janela e ter a falsa sensação de que um carro baterá em alta velocidade na parede do edifício.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que se não tiver um bom isolamento acústico, deve ser meio incômodo.

      Excluir
  2. Já pensei em morar neste Edifico, localização ótima, mas tem uma delegacia, tem lojas sob ele. Tem um expresso pesado passando todos a hora . Imagino que não se salvam dos ruídos, nenhum morador.moradores

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.