sábado, 4 de maio de 2019

A casinha de madeira do Batel


Essa casinha de madeira fica no Batel, tendo sido fotografada por mim em 2016. Na época ela já sofria para manter-se por conta dos cupins, situação que deve permanecer a mesma.

No começo desse mês estive nessa bela casinha de madeira no Batel e lá, pude conversar com o Sr. João Antônio Kaviski, filho de Antônio Kaviski e Vitalina Maganhoto, descendente de poloneses e italianos.

A casinha foi construída em 1937 por Antônio Kaviski, casado com Vitalina Maganhoto, onde viveram por toda sua vida com seus três filhos.

Antônio era filho de Pedro Kaviski, que possuia uma olaria na região do Barigui e segundo me disse em 2016 o Sr. João Kaviski, filho de Antônio, essa olaria foi uma das que forneceu tijolos para a construção do prédio histórico da UFPR da Santos Andrade, levados ao centro de Curitiba com muita dificuldade por carroças.

O local onde a casa foi construída em 1937 não tinha ruas, a última era que mais tarde tornou-se a Rua Francisco Rocha, sendo portanto uma região rural.

Essas casinhas de madeira deram abrigo para inúmeras famílias, cujas histórias se entrelaçam com a de Curitiba, seria importante que recebessem o reconhecimento que merecem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.