sexta-feira, 24 de maio de 2019

Mobilidade


Há países do mundo, especialmente do leste asiático, dos quais já várias vezes na TV imagens de verdadeiros enxames de bicicletas que tomavam as ruas, sendo tantas que eram elas quem espremiam os carros. Fico imaginando se seria uma tradição, uma política de estado ou uma imposição pela necessidade (custo e densidade populacional).
Circulando por Curitiba percebo que mesmo com a gasolina no preço que está (nas alturas), a densidade de carros só aumenta, assim como as ações da prefeitura para tentar escoar da melhor forma possível essa frota imensa pelas suas ruas.
Será que um dia o custo, a densidade populacional, a inviabilidade de mais ações para escoar os carros irão forçar as bicicletas ou outro meio de transporte que otimize espaço, nas ruas de Curitiba?
O que talvez complique sejam os dias de chuva e frio da nossa cidade, ou talvez como tudo na vida, se acostume com isso também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.