quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Em ruínas


As Ruínas de São Francisco, na Praça João Cândido, são os remanescentes de uma construção inacabada, iniciada pelos portugueses, que viria a ser a Igreja de São Francisco de Paula.

Distantes de serem o que sobrou de um edifício demolido pela ação do homem ou do tempo, suas paredes de pedra são, na verdade, resquícios de uma construção inacabada do que viria a ser a Igreja de São Francisco de Paula, que atravessou as décadas praticamente ilesa ao crescimento da cidade.

Outro diferencial das ruínas é o fato de elas serem tombadas pelo patrimônio histórico do estado. Isso porque, juntamente com o Belvedere, elas compõem o conjunto de edificações da Praça João Cândido, que recebeu o título em 1966.

Para conhecer com mais profundidade a história das nossas ruínas que não são ruínas, mas uma obra inacabada, siga para a matéria completa no site da Gazeta do Povo, de onde obtive as informações acima. Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/haus/estilo-cultura/a-historia-das-ruinas-de-sao-francisco-marco-na-paisagem-de-curitiba/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.