quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Cantina do Délio



Hoje almocei com meu filho na Cantina do Délio que fica no Alto da XV, na esquina da Rua Itupava com o Jardim Ambiental.

Trata-se de um restaurante muito descontraído, bem decorado (com objetos antigos), o atendimento é acima da média (são realmente preocupadas com a satisfação dos clientes), a comida é MUITO boa e o preço é justo.

Pertencentes à mesma família ou mesmo dono, a Cantina do Délio, a Confeitaria Bella Banoffi (que também serve almoço) do outro lado da rua e o Bar Cana Benta (na mesma quadra), forma um trinca valoriza o Alto da XV como boa opção gastronômica e de lazer.

Segue resenha da Veja Curitiba:
A casinha verde, erigida na década de 30, é uma das últimas construções de madeira que ainda resistem na região do Alto da XV. É ali que, sem muito alarde, o simpático Délio Canabrava serve as receitas típicas cantineiras que rendem ao restaurante o prêmio de bom e barato. No ambiente despojado, com paredes repletas de penduricalhos e antiguidades são consumidas porções de bisteca à fiorentina com tagliatelle picante e molho de limão siciliano (R$ 23,00) e risoto de frutos do mar (R$ 22,80). Todo dia 29 prepara nhoque da sorte, a cada mês em uma versão diferente. Pode ser de abóbora com três tipos de cogumelo ou levar molho de limão siciliano e linguiça blumenau (R$ 17,00). Para acompanhar os pratos, o cardápio traz sempre uma sugestão de vinho com preço mais em conta do que na carta, que indica oitenta rótulos. Por fim, as sobremesas custam R$ 6,00 e vêm da doceria Bella Banoffi, que funciona do outro lado da rua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.