quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Sobrado da Rua Barão do Rio Branco


Chama a atenção uma série de sobrados na rua Barão do Rio Branco, de frente à praça Eufrásio Correia. Percebe-se que esses prédios são testemunhas antigas da história de Curitiba. Alguns foram restaurados e outros, parecem estar pacientemente aguardando a sua vez.

No site da Coordenadoria de Patrimônio Cultural (www.patrimoniocultural.pr.gov.br), encontrei o seguinte texto:

No conjunto de casas erguidas na antiga rua da Liberdade, diante da praça Eufrásio Correia, essa é sem duvida a mais expressiva, tendo sido originalmente um estabelecimento industrial, como muitos que se instalaram na área devido à proximidade com a Estação Ferroviária de Curitiba. Colado às divisas laterais e sem recuo frontal, esse sobrado de alvenaria de tijolo exemplifica a arquitetura eclética, com vocabulário de influência neoclássica. O centro da composição é grifado por um corpo ligeiramente avançado em relação ao parâmetro da fachada , abrangendo dois pares de portas, no térreo e no andar superior. Valorizando esse ressalto o balcão sustentado por modilhões e o frontão triangular ao nível da platibanda. No térreo os seis vãos de portas possuem arco de plena volta, sendo o par de aberturas central com arcos mais trabalhados e de maior diâmetro. No andar superior os vãos apresentam verga reta ornamentada com sobreverga em forma de frontão, curva nas duas portas abertas para o balcão e reto nos pares de janelas que compõe o restante da fachada. Platibanda com pequenas aberturas guarnecidas por balaustres arremata a composição e oculta a cobertura em duas águas, de telhas francesas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.