sábado, 7 de novembro de 2009

Santa Casa de Misericórdia de Curitiba



Em 1869 foi iniciada a construção do Hospital de Caridade da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. Inaugurado pelo Imperador Dom Pedro II, no dia 22 de maio de 1880 inicialmente com 160 leitos, podia ser considerado um grande hospital, e foi por muitos anos, o único hospital de Curitiba. O médico José Cândido da Silva Muricy, foi uma das pessoas que fizeram parte de uma comissão, responsável pela construção do Hospital de Caridade e essas pessoas foram por muito tempo, provedores da Irmandade.

Em 1912, a Universidade do Paraná, mais tarde federalizada, promoveu o Hospital de Caridade e o Psiquiátrico a hospitais de ensino, que abrigaram também os estudantes da Faculdade de Ciências Médicas a partir de 1956.

A Santa Casa foi o hospital-escola da Universidade Federal, desde a fundação da Faculdade de Medicina, em 1912, até o início da década de 1960, quando foi inaugurado o Hospital de Clínicas. O Curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná nasceu dentro da Santa Casa, na década de 1950.

A recente integração com a PUCPR resultou na formação do Complexo Hospitalar Universitário da Aliança Saúde.

Um comentário:

  1. Há um erro crasso na informação acerca do provedor do Hospital de Caridade e futura Santa Casa de Curitiba. Na verdade o médico Muricy não foi o único responsável pela sua construção e seu único provedor. Houve, sim, na época, a fomação de uma comissão organizadora dos trabalhos visando angariar recursos para a construção e, por isso, formou-se uma coletividade de provedores que contribuíram com recursos financeiros para a construção do hospital. Portanto, verdadeiramente houveram diversos provedores financeiros composto por pessoas influentes da cidade e detentores de poder financeiro.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.