sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Euro Brandão



Euro Brandão nasceu em Curitiba em 31/12/ 1924, foi um engenheiro, professor, filósofo, escritor, membro da Academia Paranaense de Letras e artista plástico.
Profissionalmente, foi ministro da Educação e Cultura no governo de Ernesto Geisel de 1978 a 1979, superintendente da Rede Ferroviária PR/SC, diretor do Centro de Computação Eletrônica da UFPR, secretário de Transporte do Estado do Paraná, presidente do Instituto de Engenharia do Paraná e reitor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná de 1986 a 1998. Euro Brandão faleceu em 31/10/2000.
O mural da foto fica no campus da PUC no Prado Velho foi inaugurado em março de 2009 durante as comemorações dos 50 anos da PUC. O mural foi executado pelo artista plástico Adualdo Lenzi (parceiro de Poty em vários de seus murais) a partir do desenho de Euro Brandão. O Mural foi montado com pedaços de rochas de todo Brasil e mostra figuras em atividades acadêmicas, tendo Jesus como o grande professor no centro.

4 comentários:

  1. Uma vez eu vi o prof. Euro de perto. Ele foi visitar a nossa Escola Estadual Prof. Nilo Brandão nas comemorações de aniversário dela na década de 80. É a escola do conjunto Mercúrio. Sabíamos que ele tinha sido ministro e acredito que estava na PUC naquela época. Sabíamos que ele era um artista, pois um dos retratos pintados do seu pai, que da nome a escola, estava lá na secretaria. Esse é um resumo das referências e valores que existiam na época numa escola.

    ResponderExcluir
  2. Na década de 80, quem ia nas formaturas da PUC sempre via o professor Euro Brandão presidindo as cerimonias.

    ResponderExcluir
  3. Acompanhei de perto as atividade de meu pai a ponto de assumir o atelier dele após o falecimento e perpetrar este dom pelos genes que dele recebi. Como engenheiro e pintor ele deixou milhares de obras espalhadas pelo mundo. Eu como engenheiro e pintor levo comigo as lembranças, os ensinamento e o exemplo deixados por ele. www.atelierbrandao.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelo. Fico honrado com seu comentário sobre o seu pai e seu trabalho. Olhei os seus quadros no blog e são muito bonitos.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.