domingo, 13 de janeiro de 2013

Os prêmios de Dalton Trevisan em 2012



Com seu livro O Anão e a Ninfeta, Dalton Trevisan venceu o prêmio Portugal Telecom de Literatura Portuguesa – categoria conto. O anúncio foi feito na noite do dia 26/11 em Lisboa. O livro é composto por 40 contos inéditos que retratam personagens ordinários em meio a cenas de violência e erotismo intenso. O prêmio sela um ano de destaque para o recluso escritor, que não compareceu à cerimônia. Em maio, Trevisan ganhou o Prêmio Camões de Literatura 2012, o mais importante da língua portuguesa.
E falando do Premio Camões, Dalton Trevisan não abriu exceção ao seu comportamento recluso para receber no dia 12/12/2012 o prêmio, o máximo reconhecimento da literatura em língua portuguesa. O nosso vampiro foi representado por sua editora, Sônia Jardim, na solenidade de entrega do prêmio no Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional, na Cinelândia, centro do Rio. Numa curta carta de agradecimento ele disse num trecho: “Os muitos anos, ai de mim, já me impedem de receber pessoalmente o prêmio”.
A escolha do autor curitibano foi feita em 21/05/2012 pelo júri do prêmio, instituído pelos governos do Brasil e de Portugal em 1988. Desde então, já receberam o Camões 11 escritores de Portugal, dez do Brasil, dois de Angola, um de Moçambique e um de Cabo Verde.
Fontes: Agência Brasil e Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.