sexta-feira, 17 de junho de 2016

De portões abertos

Ontem da arquitetura modernista do HC para hoje, mais uma casinha de madeira no Butiatuvinha. Acesso no chão batido, gramadinho na frente, caixinha de correio e uma cerca e portão feitos de ripas de madeira bruta. O portão aberto parece um convite ao convívio, passando a impressão de ser um lugar seguro, apesar de estar numa grande cidade como Curitiba, que infelizmente já não é mais segura ou não tão segura como gostaríamos.

2 comentários:

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.