terça-feira, 22 de novembro de 2016

Um som diferente na feira

Caminhando pela feira entre frutas, cereais, ovos e verduras e após um pastel com um pingado, dentre todos os sons tradicionais da feira, uma música diferente vinha de um violoncelo entre a barraca das massas e milho verde. Boa música num ambiente que me agrada muito.
E o músico com o case do instrumento aberto, recebia em dinheiro miúdo a retribuição pela sua arte.
A feira em questão é a de sábado de manhã na rua Alberto Boligher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.