domingo, 1 de abril de 2018

Feliz Páscoa



Páscoa vem da palavra hebraica pesah e significa passagem. Para os cristãos é a passagem de Jesus da morte para a vida, trazendo salvação para todos que crêem nele.

Os judeus também têm uma festa chamada Páscoa, que é bem mais antiga. Nas passagens sobre as pragas que caíram sobre o Egito, há aquela na qual o anjo da morte poupou os filhos dos hebreus que sacrificaram um cordeiro e marcaram suas portas com esse sangue. Então, na festa judaica da Páscoa, a "passagem" significa a passagem do anjo da morte.

Depois que saíram do Egito, os judeus passaram a celebrar esse dia de libertação todos os anos, comendo cordeiro e pães sem fermento. Foi na altura da Páscoa judaica que Jesus foi crucificado. Para o crente, Jesus é o nosso cordeiro que morreu em nosso lugar.

A Páscoa acontece na primavera e muitas religiões pagãs tinham festas para celebrar o fim do inverno, a vida e a fertilidade. O ovo e o coelho da Páscoa vêm dessas tradições pagãs. O ovo simboliza a nova vida e o coelho a fertilidade. (Fonte: Respostas Bíblicas).

A cestinha da foto contém um conjunto de pêssankas de origem polonesa e ucraniana. Não sou conhecedor da arte, mas há diferenças de estilo. Se entendi direito, as de estilo polonês são mais geométricas e as de estilo ucraniano incorporam também desenhos orgânicos. Mas em ambos os estilos, cada desenho e cada cor possui um significado. O amarelo representa sabedoria e prosperidade; o laranja, energia; o vermelho, vitalidade; azul, paz e harmonia; branco, pureza; lilás, transição; marrom, mãe terra.

Então na onda das pêssankas, desejo à vocês todos sabedoria, prosperidade, energia, vitalidade, paz, harmonia, pureza e eventualmente, transição. Feliz Páscoa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.