segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Um outro olhar no Museu do Olho


É sempre muito agradável visitar o MON (Museu Oscar Niemeyer) ou o Museu do Olho, como todos o conhecem, ainda mais em dias quentes como os que estamos vivendo em Curitiba.
É difícil evitar as fotos clichês, já que o "Olho" domina a paisagem, mas procurei buscar algums pontos de vista diferentes e até inusitados. Na foto desse post, tentei enfatizar a grandiosidade das linhas horizontais do prédio original (Humberto de Alencar Castelo Branco), que existia muito antes do Olho. Acho que a imagem prova o que diz a matemática, de as paralelas se encontram no infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.