quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Avenida dos Postes

O nome Avenida das Torres, como a maioria dos que moram em Curitiba conhecem a Avenida Comendador Franco, está com os dias contados. Recentemente passei pelo local e me surpreendi com a retirada das torres e a instalação de enormes (e horrendos) postes no lugar dessas. A única vantagem é que obviamente um poste precisa de menos área de base e por consequência, ganha-se uma nova pista para os carros.
Mas fico pensando, se tiveram tanto trabalho para retirar as torres e instalação dos postes, porque não enterraram todos os cabos, ganhando ainda mais espaço? Certamente o custo seria o grande motivo, mas se até uma nababesca ponte estaiada está sendo construida na Avenida dos Postes, porque não deixar essa via mais bonita escondendo os cabos e evitando a pavorosa imagem dos postes?

6 comentários:

  1. É Washington se os cabos fossem enterrados o Lenine teria que fazer uma outra música só para o nosso caso. http://www.youtube.com/watch?v=RlpWQtojPSA&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  2. Seria ótimo, mas... Utopicamente falando, não deveria haver postes em lugar algum.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Há belos prédios que a fotografia enfeia por causa dos cabos, postes, transformadores!
      Soube que em SP, os cabos irão sumir das ruas com o tempo. Todos deveriam fazer o mesmo.

      Excluir
  3. A ideia inicial era enterrar os cabos ao longo de toda a via, mas a Copel alegou que o custo seria muito alto. A linha só será subterrânea em um trecho de uns 450m, junto ao caríssimo viaduto estaiado. Infelizmente, A poluição visual de postes e fios predomina na paisagem urbana brasileira, inclusive em muitos centros históricos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O custo certamente seria alto, mas o beneficio social e estético seria enorme.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.