quarta-feira, 8 de julho de 2015

O Cantinho do Carinho


Passando ontem pela Travessa Nestor de Castro, bem perto da rua José Bonifácio, percebi numa daquelas portas de metal fechada de um prédio aparentemente abandonado (por dentro é um estacionamento), uma pequena inscrição no nível da calçada: Cantinho do carinho. Imagino que numa noite qualquer, nesse lugar nada recomendável à noite, alguém sentiu-se acarinhado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.