segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Croquis Urbanos na rua São Francisco


Ontem o encontro do Croquis Urbanos aconteceu na rua São Francisco, num lugar chamado Bella Vivenda. No local você encontra cafeteria, esmalteria, loja de roupas fitness, acessórios, centro de estética, estúdio de pilates, yoga, isso tudo numa casa centenária que é uma UIP.
No local funcionou inicialmente a Papelaria Popular de Max Rösner e Filhos, uma das primeiras do Paraná, aberta no final do século XIX.

Um comentário:

  1. Antigas empresas comerciais também contam muito da história de Curitiba, além da mencionada Max Roesner: passo constantemente pela esquina da Riachuelo com a travessa Alfredo Bufrem, onde esteve instalada por mais de uma década, a velha Papelaria Triunfo; empresa na qual comprei materiais escolares, dezenas e dezenas de vezes. Outras antigas papelarias do centro, a Cesar Schultz, na Barão do Rio Branco (cujo dono morava num casarão ainda existente, na esquina das ruas José de Alencar e Augusto Stresser. Ele tinha, nos anos 1950, um velho Austin A-70 verde e sua filha Cláudia foi minha colega no então 'primário' do Grupo Escolar Conselheiro Zacarias). Outra também famosa, era a Rosenhein, na Barão do Rio Branco - fornecedora preferencial dos velhos instrumentos de desenho 'a nankin'. Meu saudoso Pai era projetista/orçamentista de hidráulica e ainda conservo alguns dos seus instrumentos de trabalho: estojo de compassos e normógrafo 'de aranha' importados, régua 'T', esquadros, canetas etc. E mais uma ainda, a Requião, na rua Dr. Muricy (ao lado do banco Itaú), onde hoje há uma loja de '1,99'. Havia algumas 'fora do centro', muito requisitadas - uma delas no bairro Rebouças, que nem me lembro o nome; ia-se lá em busca de preços mais baixos ... E por fim, tinha a revenda de materiais 'do MEC', na esquina da praça Santos Andrade com a rua Conselheiro Laurindo (sentido oposto em diagonal ao Guaíra). A propósito do tema, seria muito interessante que a 'nossa' Associação Comercial pesquisasse e publicasse uma 'História do Comércio Curitibano', desde os seus primórdios - São Paulo tem algo assim, um belíssimo trabalho, produzida pelo 'Museu da Pessoa', sob encomenda da entidade similar de lá.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.