domingo, 23 de dezembro de 2018

Uma visita guiada pelo Ganchinho e Umbará



Quando lancei meu livro das casinhas de madeira, conheci o Luiz Simões da Editora InVerso, que papo vai, papo vem, descobri que mora no Ganchinho. Combinamos de um dia ele me receber para uma visita guiada pela região dele, onde sua família mora há décadas.

Pois ontem foi esse dia e na casa sua casa, encontrei além do Luiz, sua mãe -  Miriam Leonila, seu pai - Luiz Antonio e seu irmão mais novo - Pedro. A casa deles já valeria a visita, pois além de uma casinha de madeira onde morava uma tia, há um bosque maravilhoso.

Dalí fomos à uma propriedade vizinha, onde moram tios e primos do Luiz. No local além de outra casinha linda de madeira, há um espaço fantástico enorme com direito à laguinho com tilápias, uma mina d'água e um galinheiro, onde o tio do Luiz (Tadeu), orgulhosamente mostrou como o galo dele curte ficar no alto da sua cabeça e como se estivesse numa torre de observação, fica lá com um olhar grave, sentindo o peso da responsabilidade sobre o galinheiro.

De lá circulamos por vários lugares, tendo sempre o Luiz Antônio como fonte de preciosas histórias das pessoas e da sua vida na região, onde trabalhou duro na roça desde pequeno e onde trabalha até hoje, criando juntamente com sua esposa Miriam, com muita dignidade seus dois filhos.

Com o tempo vou postando as casinhas e algumas histórias que eu conseguir das pessoas e dos bairros, cuja visita ontem me mostrou que preciso voltar mais vezes.

Agradeço ao Luiz, à Mirian Leonila, ao Luiz Antônio e ao Pedro pela acolhida e pelo tour. Sem duvida, uma honra e um privilégio.

2 comentários:

  1. Adoramos sua visita e o passeio caro colega. Seja sempre bem vindo a nossa casa.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.