quarta-feira, 19 de maio de 2010

Da janela


meus pensamentos
cruzam os teus
como aviões no ar

da janela
os corações acenam
sem saber se vão voltar
Alice Ruiz

A moça que da janela conversava com um rapaz de bicicleta, numa calçada qualquer da cidade de Morretes, gentilmente permitiu que eu a fotografasse junto com o garoto sentado no parapeito. Ao contrário do que ela me disse, ela é bastante fotogênica.
Sobre Alice Ruiz, importante poeta de Curitiba, um post específico deve ser planejado.

2 comentários:

  1. Minha preferida...

    janela que se abre
    o gato não sabe
    se vai ou voa

    Alice Ruiz - desorientais

    ResponderExcluir
  2. Alice Ruiz é o máximo mesmo! Muito boa essa.

    Gosto muito dessa:

    "de tanto não poder dizer
    meus olhos deram de falar
    só falta você ouvir"

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.