segunda-feira, 31 de maio de 2010

Malabarista do asfalto


Não sei quando os malabaristas dos semáforos de Curitiba apareceram, mas certamente há anos eles se espalharam pela cidade. Na esteira deles, moradores de rua que visivelmente não têm a mesma intimidade com os malabares, arriscam-se com limões, bolas de tênis e o que tiverem à mão para ganhar o seu trocado.
O malabarista da foto (talentoso por sinal), fotografei no cruzamento da Rua Barão do Serro Azul com a Rua Treze de Maio. Em agradecimento pelas minha moedas, ele mandou um "muchas gracias hermano". Parece que um número razoável de malabaristas argentinos e uruguaios trabalham nas ruas do Brasil. Em Florianópolis, foram proibidos de trabalhar desde o ano passado, sob a alegação de serem imigrantes ilegais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.