sexta-feira, 20 de maio de 2011

Angico Branco da Praça da França




Esta árvore está localizada na Rua Teixeira Soares esquina com a Avenida Silva Jardim, Praça da França no Bairro Seminário. Essas fotos foram feitas durante a caminhada que fiz com o Grupo de Caminhadas Observacionais. Na foto que mostra o Angico como um todo, o grupo de caminhada estava em volta da árvore fazendo medidas do tronco e fotografando a árvore. Na segunda foto, os rapazes que usufruíam dos equipamentos de ginástica, olham simultaneamente para o alto, provavelmente tentando entender o que levaria tanta gente a ficar ao redor de uma árvore.
O Angico Branco é uma árvore robusta, de crescimento rápido, como tronco revestido por uma casca mais ou menos lisa. As folhas são duplo-pinadas, com folíolos pequenos, opostos, oblongo-lineares e ligeiramente ciliados nas margens. As folhas caem durante o inverno.
As flores são de cor branca, aromáticas, e estão reunidas nas extremidades dos ramos. Os frutos são vagens delgados com 20 a 30 centímetros de comprimento e 10 ou 15 milímetros de largura. A sua madeira apesar de ser bastante resistente é pouco aproveitada porque demora muito para secar. Por ser uma árvore robusta, um exemplar de 20 anos chega a fornecer mais de 5 metros cúbicos de lenha.
As flores são bastante procuradas por abelhas. A casca é amarga, adstringente, depurativa, e tem emprego na indústria de curtume.
Esse Angico da Praça da França foi tombado em 1974 pela Secretaria de Cultura do Estado do Paraná.
Apesar da Praça da França levar o nome desse belo país, não há na praça qualquer referência que remeta às terras de Asterix e Obelix!

4 comentários:

  1. Achei legal e lembrei de vc: http://vejasp.abril.com.br/revista/edicao-2218/arvores-centenarias-sao-paulo
    Aqui tb temos algumas árvores interessantes.

    ResponderExcluir
  2. Oi Anna! Toda ação de preservação é sempre muito bem vinda. Li o artigo e é bem interessante, melhor ainda com a história e registro fotografico de uma das arvores de 1910. Essas árvores são testemunhas da história da vida de muitas pessoas e da cidade. Merecem respeito!

    ResponderExcluir
  3. "Apesar da Praça da França levar o nome desse belo país, não há na praça qualquer referência que remeta às terras de Asterix e Obelix!"

    Tem referência sim, meu caro Washington. :-)

    Há ali - se ainda não roubaram para derreter - um busto em bronze do aviador Pierre Clostermann, às da Segunda Guerra Mundial nascido em Curitiba em uma família francesa. O busto é recente, acredito que tenha sido descerrado em 2010, estive lá no dia, mas depois da sessão solene. Naturalmente, a praça poderia ter MAIS referências, mas esta é bastante destacável.

    Aqui mais informações sobre o Clostermann:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Pierre_Clostermann

    ResponderExcluir
  4. WOW!! Que história legal! Um herói da II Grande Guerra pela França nascido em Curitiba! Tenho que voltar nessa praça para procurar o busto!
    Merci beaucoup Mathieu. Il est remarqué que je n'ai pas exploré la place comme il se doit et toujours là pour apprendre. Votre nom est français?

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.