sábado, 14 de maio de 2011

Tombaram as araucárias!!





As fotos a partir da janela da minha casa, mostrando o céu de Curitiba contrastando com a silhueta de duas enormes e belas araucárias, nunca mais serão as mesmas. Hoje quando cheguei em casa, dei de cara com a imagem triste que estou postando hoje. Uma motoserra rapidamente desfez em questão de poucas horas o que a natureza demorou décadas para realizar, isso muito, muito antes das pessoas e das casas ocupares essa região. Como é bastante arriscado assassinar araucárias (pelo menos deveria ser), imagino que essas duas enormes e por muito tempo saudáveis araucárias devem ter tido a sua extirpação autorizada por algum órgão que cuida do assunto na prefeitura. E assim lentamente vamos substituindo o nosso símbolo por mais concreto e por palmeiras plantadas ao longo de vias do expresso!

9 comentários:

  1. Meus pêsames...

    para vc e para todos nós que apreciams a natureza.

    JOPZ

    ResponderExcluir
  2. mas isso não é proibido? Não dá para fazer um barulhaço?

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que triste... Aqui perto de casa tem várias, mas não duvido nada que logo derrubem =\

    Já agora, em que bairro vc mora? A paisagem da foto me parece familiar xD

    abraço õ/

    ResponderExcluir
  4. Pois é! Uma pena mesmo. Pelo que sempre ouvi, dificilmente uma araucária pode ser derrubada. Creio que a exceção seria apenas se a árvore estivesse condenada ou apresentasse risco para as pessoas.
    Eu moro no Bacacheri, perto de onde caiu o avião recentemente. O fundo da foto é o Bairro Alto,

    ResponderExcluir
  5. That is horrible, Washington. What is the purpose? It sounded aesthetic in your post.

    It is a terrible loss when a tree dies or is killed. I know the feeling.

    ResponderExcluir
  6. Hi Kitty!
    Curitiba has little available land and any area, even those occupied by protected trees such as Araucarias, are coveted. Actually there is nothing aesthetic in cutting trees, but wanted to show the contrast between the before and the after. These trees are the symbol of our state and especially of our city. Curitiba in Tupi-Guarani language means "many pine trees, just those that were slaughtered.

    ResponderExcluir
  7. Como disse o meu maridão ... "de bucólico, passou a melancólico" ...
    Emblemática a reflexão, Takeuchi: "E assim lentamente vamos substituindo o nosso símbolo por mais concreto e por palmeiras plantadas ao longo de vias do expresso".

    ResponderExcluir
  8. Pois é! Não somente as árvores estão em risco na nossa cidade. Se não desenvolvermos dispositivos de proteção de prédios de valor histórico, esses deixarão de existir.

    ResponderExcluir
  9. Se estivermos a merce do espírito imediatista e falso-preservacionista desses nossos atuais governantes, em breve estaremos sem ícones da memória e da identidade da cidade e também da características da terra. Muito em breve iremos passar de terra dos pinheiras e da abundancia criativa e cultural dos que transformaram essa terra, a uma cidade concretual e fadada ao poder imobiliario imediatista e a insolencia dos interesses próprios e indivudualistas e partidarios desses mal admiinstradores... LAMENTO!!!

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.