terça-feira, 21 de março de 2017

Três décadas de arquitetura e um professor



Durante o último encontro do Croquis Urbanos como de costume, fico circulando pela região observando o pessoal e a cidade.

Num determinado momento olhei na direção do prédio sede do Banco do Brasil na Praça Tiradentes e percebi essa camada de prédios de épocas diferentes que são: o prédio que da Dr. Muricy (da década de 30), a sede do Banco do Brasil (da década de 60) e o Hotel Eduardo VII (da década de 50). Fiz a foto que numa tomada abraça três décadas de história da arquitetura curitibana.

Mais tarde fotografando os trabalhos, vi o desenho do Prof. Mário Sérgio e comentei com ele que havia feito uma foto exatamente considerando o que ele desenhou, ao que ele comentou que provavelmente teria sido ele que numa das nossas caminhadas observacionais pelo centro de Curitiba  teria me alertado sobre esse ponto de vista, que propõe essas camadas de história.

Interessante como incorporamos informações e essas passam a fazer parte do nosso repertório e basta um gatilho para que o conhecimento venha a tona, no meu caso e nessa situação, na forma de uma fotografia. E viva os nossos professores!

4 comentários:

  1. Muito obrigado, caro Washington! Fiquei feliz com o seu registro dessa experiência, tão bem colocado. Este seu trabalho de divulgação da cultura da cidade dá mais qualidade às informações da internet, assunto tão discutido atualmente. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou eu quem agradece Mario. Saudades das nossas caminhadas!

      Excluir
  2. A casa em primeiro plano foi construída por (e foi moradia do) Engenheiro / Arquiteto Eduardo Chaves, o mais importante construtor curitibano das décadas de 30 e 40.
    Sua obra é notável e há dezenas de construções belíssimas espalhadas pelo centro de Curitiba.
    Ele mudou a feição de Curitiba, pelo seu trabalho.
    Jorge Manika

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.