segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

O curitibano é ...


Estou trabalhando num possível futuro projeto para o qual eu gostaria de contar com a colaboração de vocês amigos e seguidores desse blog e também, através de vocês, de seus amigos e familiares.

Gostaria que cada um de vocês comentando nesse espaço, ou no facebook, ou no Instagram ou por email (wctakeuchi@gmail.com) completasse a seguinte frase:

O curitibano é ...

Pode ser uma palavra, uma frase, um parágrafo, um artigo, um poema, uma música, um desenho, uma foto ou qualquer outra forma de comunicação. Uma vez respondido, peço que convidem seus amigos a fazer o mesmo.

O que pretendo é descobrir como o curitibano é visto e como ele se vê. Para simplificar peço que considerem curitibano toda pessoa que mora em Curitiba, nascida ou não aqui.

Sei que há esteriótipos que circulam pela internet definindo o curitibano, que inclusive viraram piada e até refúgio para muitas pessoas. O que pretendo com essa pergunta é saber diretamente das pessoas o que elas pensam e como elas definem o curitibano.

Tendo essa pista de como o curitibano é visto e como ele se vê, pretendo comparar essa descrição às imagens de curitibanos que tenho visto e fotografado nesses últimos 10 anos.

Meus contatos:
Facebook: https://www.facebook.com/washington.takeuchi
Facebook do Circulando: https://www.facebook.com/CirculandoPorCuritiba/
Instagram: https://www.instagram.com/wctakeuchi/
E-mail: wctakeuchi@gmail.com

Desde já, valeu piazada!

10 comentários:

  1. O curitibano é... rigoroso. Talvez isso venha da nossa origem polonesa-alemã-ucraniana. Esse comportamento nos traz dois lados: um meio chato, duro, sem muito swing; outro trabalhador, dedicado, organizado. Dois lados de uma mesma moeda, assim como qualquer outra cidade. Mas acho que estamos melhorando. Os "imigrantes" de outros estados, cidades, países, estão trazendo uma miscigenação muito positiva para Curitiba. Acredito que seguimos ordeiros, responsáveis e limpos, mas com um pouco mais de graça no comportamento.
    Porém, tudo isso é bobagem. Sigo minha visão poética: O Curitibano é... um desenho do Poty.

    ResponderExcluir
  2. Cara, voto com o Simon. O Curitibano é... um desenho do Poty! Anota mais um risquinho nessa opção aí. Kkkk. Excelente ideia e projeto! Sou teu fã e compartilho com você este amor pela cidade. São pessoas como você, Simon e Poty que fazem a diferença numa existência. Sou grato de ser contemporâneo de vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O relator manda bem! Mas vocês estão casa vez mais no sangue de Curitiba que logo poderemos dizer que o curitibano é um desenho do Simon ou do Fabiano ou os muitos desenhos dos sketchers de Curitiba.

      Excluir
  3. Curitibano é aparentemente frio e fechado. Mas qdo conquistado se mostra muito difetente. Curitibano não gosta de ter sua privacidade invadida por qualquer um, mas qdo conquistado, trata amigos como verdadeiros irmãos. Curitibano é do bem. Amo está Cidade!

    ResponderExcluir
  4. o conceito do Curitibano também vai mudando...
    Tenho saudades dos curitibanos dos anos 70, dos onibus parando nas praças, onde as pessoas respeitavam filas, dos vizinhos católicos praticantes, e do sotaque que ouço cada vez menos. Quando ouço o prefeito Rafael Greca falando ao TV, lembro do sotaque que todos as pessoas do meu convivio tinham.
    Curitibano tem mania de bater bota, sapato, casaco antes de usar, talvez caia uma aranha marron...
    Já não se faz tanto frio como nos anos 70, mas chega o Carnaval e está sempre a chover, Curitibano prefere colocar fantasia para participar do Zombie Walk do que sambar na avenida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho saudades de uma outra Curitiba que vivemos. Obrigado Marília.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.