quinta-feira, 7 de abril de 2011

51 Árvores Imunes de Corte de Curitiba: Oliveira - Praça Santos Andrade



Sempre achei muito interessante ter na Praça Santos Andrade uma oliveira (Olea europaea), pois não é uma árvore muito comum no Brasil e muito menos em Curitiba. Dessa oliveira especificamente, não encontrei referencias de quem a teria plantado e também não tenho notícias de que ela alguma vez tenha produzido frutos.

O mais antigo registro de plantio de oliveiras no Brasil que se teve notícia foi em 1800, quando os imigrantes açorianos trouxeram as primeiras mudas de oliveiras da Europa para o Brasil e foram plantadas e cultivadas com sucesso no Rio Grande do Sul, porém em Minas Gerais existe o cultivo na cidade de Monte Verde, que é uma das mais frias do estado e do país. Entretanto, a cidade de Maria da Fé, sul de Minas Gerais, tem se destacado no plantio e cultura com diversos olivais instalados. Através da EPAMIG, obteve-se em 29 de fevereiro de 2008, o primeiro azeite de oliva genuinamente brasileiro, produzido e extraído no Brasil.

A oliveira é conhecida cientificamente como Olea europaea L., família Oleaceae. São árvores baixas de tronco retorcido nativas da parte oriental do Mar Mediterrâneo. De seus frutos, as azeitonas, os homens no final do período neolítico aprenderam a extrair o azeite. Este óleo era empregado como unguento, combustível ou na alimentação, e por todas estas utilidades, tornou-se uma árvore venerada por diversos povos.

A civilização minoana, que floresceu na Ilha de Creta até 1500 a.C., prosperou com o comércio do azeite de oliva, que primeiro aprendeu a cultivar. Já os gregos, que possivelmente herdaram as técnicas de cultivo da oliveira dos minóicos, associavam a árvore à força e à vida. A oliveira é também citada na Bíblia em várias passagens, tanto a árvore como seus frutos.

Há de se fazer nota ainda sobre a longevidade das oliveiras. Estima-se que algumas das oliveiras presentes na Palestina nos dias atuais devam ter mais de 2500 anos de idade.

2 comentários:

  1. Wash, acompanho o seu blog, legal o seu interesse no patrimônio histórico e principalmente pela sua cidade, aqui em Floripa tambem participo bastante, via twitter, radios, jornais, ligo o tempo todo, pergunto, questiono, denuncio... Em SC tambem tem plantacoes de oliveira na cidade de São Joaquim. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Valeu Clecio. Sabe que ontem comentei que deveríamos ter uma lei municipal de tombamento e que deveríamos cobrar nossos vereadores. Daí pensei, se dei a ideia de cobrar os vereadores, porque eu mesmo não faço isso. Fiz um e-mail e mandei para todos os vereadores de Curitiba. Um deles já respondeu ontem (um cara realmente atuante) e disse que achou interessante o projeto, que fariam estudos sobre competência e daria notícias. Achei bem legal.

    Obrigado pelas visitas. Abraço.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.