Bebedouro do Largo da Ordem


Quem saberia dizer quando o último cavalo bebeu água no bebedouro do Largo da Ordem, enquanto seus donos vindos de uma das colônias distantes do centro da cidade, vendiam seus produtos ou os trocavam pelos produtos dos outros colonos, nem sempre falando a mesma lingua. A estátua do cavalo babão um pouco mais acima, representa esse último cavalo (pelo menos assim diz Rafael Greca). Hoje o bebedouro fica para os pombos e o largo vazio como na foto, somente durante a semana, pois no domingo, cada paralelepípedo é super disputado.

Comentários

Postagens mais visitadas