sábado, 1 de outubro de 2011

Pessoas comuns e incomuns de Curitiba 44


No último sábado estive como sempre na feira do Alto da XV na Rua Alberto Bolliger. Como sempre também, fui até a barraca de pastéis e enquanto degustava o meu pastel de carne, chegou uma galera super colorida, acompanhados de um fotógrafo com uma máquina que só sonho em ter e com o que parecia ser uma equipe de apoio, providenciando bancos, pastéis e bebidas. Como não estava com minha câmera, acabei fotografando com o meu telefone mesmo, acho que ficou bom. Não sei quem eram ou no que trabalhavam, mas sem dúvida deram um toque colorido e inusitado à feira.

3 comentários:

  1. Washington, no próximo sábado vamos combinar de andar de crachá. Eu também estava lá e teria gostado muito de te conhecer!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jô! Seria legal. Bom, todo sábado estou nessa feira e a rotina é a mesma. Estaciono perto da Itupava, caminho até a última barraca de pastel (que é o mais decente), compro ovos com os lindos irmãos dos ovos, as vezes uns embutidos quando resolvo fazer feijoada, peixe nos Koga, pierogi do Miro e fruta/verduras do Zé e da Bia.
    Sou um japa meia idade, meio gorducho e olhando tudo! :o)
    Nesse dia, esqueci minha camera e tive que me virar com o IPhone.

    ResponderExcluir
  3. É, meu caminho é o inverso. Começo pelo lado da praça onde fica o Café Cafezau. Mas a tua auto-descrição é ótima! Quem sabe um dia... Um japa curioso e meio gorducho não se acha sempre por aí!
    Hoje vou publicar mais uma citação do Circulando.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.