quinta-feira, 21 de junho de 2012

Dona Anna, sua casa, suas flores e sua pintura




Fiz um post em janeiro de 2010 com o título “Casas de Madeira de Curitiba 1”, onde mostrava duas casas de madeira na rua Cândido Xavier no Água Verde.
Com relação à primeira casa (que todas as vezes que passo por ela, sou obrigado a observar a sua beleza), recebi recentemente alguns comentários do bisneto da antiga dona.
A bisavó desse caro leitor chamava-se Anna Luiza de Oliveira Zanetti e de seu bisneto (Jonas), recebi a linda foto da Dona Anna, que tenho o grande privilégio de postar hoje.
Dona Anna veio de Palmeira, onde morava com 19 irmãos. Ela casou-se e teve 8 filhos. Já em Curitiba, quando seu marido faleceu, ela mudou-se para essa casa, que estima-se tenha mais de 100 anos.
A casa situava-se mais ao fundo do terreno, mas em função da construção de outra casa, ela foi puxada para frente do terreno. Hoje uma pessoa da família mora na casa e essa sempre foi o ponto de encontro da família, que é muito grande, com os 8 filhos de Dona Anna, 30 netos e 10 bisnetos
O Jonas comentou ainda que a foto que fiz, deve ter acontecido na mesma época em que a foto da Dona Anna foi feita, pelas flores rosas que aparecem em ambas as fotos e que a pintura que também estou postando hoje, foi feita pela Dona Anna aos 93 anos, um mês antes de falecer e que ela fez essa pintura de memória.
Agradeço ao Jonas por compartilhar essas lindas imagens e um pouco da história de sua família. Sempre imaginei uma bela história atrelada à essa casa por ela ser tão bonita e tão bem conservada, algo que só o amor poderia proporcionar.

17 comentários:

  1. Sempre gostei muito de casas de Madeira pois diferente do concreto, essas sao feitas de um material que parece ter vida ao toque. Eu morei numa casa de Madeira e sei o que eh isso. Quando vejo uma casa de Madeira, especialmente uma como essa, cuidada quase com um carinho que dedicamos a alguém da família, passo a imaginar as historias que as envolvem.
    Nesse caso, tive a chance de conhecer e postar um pouquinho dela, assim como fiz com aquela outra casinha de Madeira da Alexandre Gutierrez, tambem no Agua Verde.
    E nao custa repetir, devo essa serie de casas de Madeira a sugestão da Ayde, do blog Ninho de Alveolas, uma curitibana de coração distante da terra dos pinheirais.

    ResponderExcluir
  2. Bela e encantadora história, além de lindos registros de uma casa de madeira, Takeuchi. Na retaguarda dos aspectos materiais dos registros acima, emergem a figura da sua antiga moradora e os cuidados envidados para manter a casinha tão bonita.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  3. Lindassssssssssss! Eu viajo nos teus postes de casas [ antigas ] e lindas casas de maneira. Pudesse eu, colocaria todas numa moldura. O teu click aliada a emoção que sempre me atrai na história, na história das paredes. No vinco da memória. Sempre Anelam-me todas elas. Nem sei à qual dizer: Belíssima! Pois todas são. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Acho interessante registrar essas casas pois acho que um dia, poucas restarão para contar a história.
      Continue circulando por aqui!

      Excluir
  4. Que gracinha a história que há por trás da linda casinha branca e azul!
    As casas de madeira de Curitiba sempre chamaram a minha atenção.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tambem gostei demais de ter recebido essa foto. Leva a casa a uma outra dimensão. Abraco.

      Excluir
  5. Adorei ver estas fotos Washington! Também já fotografei esta casa, pois é perto de onde moro e passo muitas vezes pela Cândido Xavier. Sempre tive curiosidade de saber quem morava ali e mantinha a casa tão bem cuidada. É um capricho só! Foi muito bom conhecer a história dela e da dona, minha xará! A flor que ela segura, acho que é uma Alamanda.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Anna, sua xará deixou grande doçura impregnada na casa. Não tem como passar nessa rua (algo que faço questão, mesmo não sendo o melhor caminho) para ter um segundo de paz num dia atribulado!

      Excluir
  6. Show Show de bola.... Eu sou capaz de passar na frente de umas dessas casas, e ficar parado por horas e horas imaginando uma historia que deva existir atras de uma reliquia dessas...
    PARABENS PELOS REGISTROS!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Zikas. A melhor foto desse post foi enviada pelo neto da D. Anna. Ela está linda colhendo uma flor, não é mesmo?

      Excluir
  7. Que casinha linda!!!!!Eu adoro casas antigas,bichos e Rural e Kombe!!
    Adorei o seu blog!!Já estou te seguindo,vem conhecer o meu também http://cacaujafet.blogspot.com
    Bjosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cacau. Gostar de casas antigas e bichos é bem bacana, mas como é isso de gostar de Rural e Kombi? Bem engraçado! OK! São carros bem legais.
      Obrigado por seguir o blog, dei uma olhada no seu e vi seus belos quadros! Parabéns.

      Excluir
  8. Sou de São Paulo, mas adoro essas fotos que você posta. Acredito que hoje você saiba disso, pois nessa casa, pelo que pesquisei, funciona um restaurante (Doce de Cidra). O bom, é que felizmente foi preservada a arquitetura, e pelo que lí, justamente esse é o charme do lugar. Parabéns, Washington!

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.