segunda-feira, 11 de junho de 2012

Pessoas comuns e incomuns de Curitiba 85


Alheio às fanfarras, à exposição de carros antigos, ao show, ao Jaime Lerner e aos "free hugs", esse homem dormia tranquilamente, ocupando inteiramente um banco na Boca Maldita. Estranho notar que ele veste um terno (com tênis, é verdade) e dorme com a cabeça repousada num saco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.