domingo, 6 de março de 2016

Casa Samambaia e o USK Curitiba




Ontem um mistério do tempo em que cheguei à Curitiba foi desvendado! O USK Curitiba esteve na inusitada casa instalada no alto do pequeno Edifício Anita. Sua atual ocupante, abriu suas portas para que constatássemos que trata-se de fato de uma casa que poderia estar num terreno regular, mas que está elevada no centro de Curitiba.

Segue um breve relato dado à Clau Guimarães por parte de Andrea Kuschick, filha de quem construiu a casa e neta de quem construiu o Edifício Anita, onde a casa foi implantada.

"Meu avô, Frederico Faria de Oliveira, nome dado a pracinha ali em frente ao prédio, e minha avó, Anita Cechelero de Oliveira, compraram uma casa nos anos de 1945-46. Após poucos anos construíram um predinho de 2 andares, o Edifico Anita. Em 1991 meu pai Guenther Kuschick reformou e construiu o andar 3. Que na verdade são mais 2.

Essa "casinha" foi por algum tempo seu escritório. Mais do que isso foi sua cozinha. Meu pai amava cozinhar, fazia dos nossos domingos uma verdadeira festa com direito a banho de banheira de hidro massagem em um deck de madeira. Em cima, a melhor parte, um mezanino com vista para a cozinha, da janela se vê o inicio da rua Candido Lopes.

Bem , nasci e cresci nesse predinho, todo ele foi minha casa, todinho. Tenho amor por ele, o Edificio Anita... eu poderia ficar escrevendo uma porção de coisas sobre ele, mas acho que isso já está bom... "

2 comentários:

  1. Gostei muito de desvender o mistério, também. Sou vizinha e imagine a curiosidade com relação ao topo do Ed. Anita. Foi um encontro agradabilíssimo, mas não vi o meu desenho no mosaico, porém me encontrei na foto que o amigo fez para todos os participantes da programação do USK Curitiba. As fotos fazem uma bela crônica, Takeuchi. Aliás, mais uma, uma vez que você é um "fotocronista" sempre em busca de novas composições!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Circulando por Curitiba na companhia de quem também gosta da cidade. Obrigado Doralice.

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.