sábado, 19 de setembro de 2009

Cinemateca de Curitiba


A Cinemateca de Curitiba permitiu o surgimento de novos cineastas e, até hoje, mantém a proposta social de colocar ao alcance das comunidades tanto a apreciação como o fazer cinematográfico. O prestígio conquistado pelo trabalho da Cinemateca propicia a realização de cursos e palestras, com a presença de nomes nacionais e internacionais da área cinematográfica.

Fundada em 1975, com o nome de Cinemateca do Museu Guido Viaro, a Cinemateca de Curitiba (nascida de projeto idealizado por Valêncio Xavier e executado pela Fundação Cultural de Curitiba), forma ao lado da Cinemateca do MAM Museu de Arte Moderna (RJ) e da Cinemateca Brasileira (SP), as três únicas instituições do gênero reconhecidas no Brasil. Alguns filmes produzidos ou co-produzidos pela Cinemateca de Curitiba receberam prêmios em festivais nacionais.

A nova sede da Cinemateca, na Rua Carlos Cavalcanti, 1.174, possibilitou espaço adequado ao acervo de filmes e à documentação para pesquisa, bem como melhores condições para mostras de cinema. Ela foi inaugurada em 22 de abril de 1998. Com área de 1,2 mil metros quadrados, a Cinemateca é composta por duas casas do setor histórico da cidade totalmente restauradas e adequadas às funções, além de um prédio especialmente construído para abrigar a Sala João Batista Groff, com 104 lugares. O público tem acesso também à Sala Limite, preparada para a exibição de vídeos e que possui 25 lugares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.