segunda-feira, 18 de junho de 2018

Saudade do Ninho - um livro sobre as casinhas de madeira de Curitiba




Hoje vou falar com muita alegria sobre o meu livro "SAUDADE DO NINHO - a cidade de madeira que existe dentro de Curitiba", que será lançado no dia 21/07/2018 pela Editora InVerso.

Amanhã lançarei uma campanha no CATARSE para compra antecipada do livro, que garantirá além de um exemplar do livro, recompensas prá lá de especiais.

Quando comecei o meu blog há mais de nove anos, sempre fotografando a minha passagem pela cidade de Curitiba, vários temas foram recorrentes e um deles acabou virando uma série pela qual tenho muito carinho: as casinhas de madeira.

Assim que publiquei a primeira das casinhas, várias pessoas fizeram comentários do quanto elas traziam bons sentimentos e boas lembranças, sempre relacionadas a família, tranquilidade, segurança, enfim um sentimento bom de nostalgia e li uma vez que nostalgia na raiz da palavra pode ser lida como SAUDADE DO NINHO.

Uma amiga sugeriu que eu fizesse uma série dedicada às casinhas de madeira e desde então, sempre atento à Curitiba de madeira que se esconde na Curitiba de concreto, juntei uma grande quantidade de fotos dessas casinhas que um dia dominaram a paisagem da nossa capital, mas que hoje lentamente estão desaparecendo quer pela especulação imobiliária, pela falta de qualquer política de proteção ou pela falta de manutenção.

Parte do conjunto das fotos dessas casinhas ao longo desses quase 10 anos, virou o projeto de um livro, que pelas mãos da Editora InVerso se tornará realidade no dia 21/07/2018.

O livro, um registro inédito e urgente das casinhas de madeira de Curitiba, terá 200 páginas com 150 fotos de mais de 100 casinhas diferentes de Curitiba, acompanhadas de 8 textos incríveis que falam da importância histórica dessas casinhas para nossa cidade, mas principalmente falam da relação afetiva que muitas pessoas têm com elas. Além das fotos e textos, 5 aquarelas e desenhos foram especialmente produzidas para fazer parte desse projeto, resultando num livro lindo que é extremamente relevante por ajudar a preservar a memória da cidade de madeira que Curitiba um dia já foi.

O livro será lançado num local super especial, o DOCE DE CIDRA no bairro Água Verde, a primeira casinha de madeira que publiquei no meu blog, que estará no livro tendo sua linda história contada em primeira pessoa pela neta da Dona Ana, a doce dona dessa linda casinha.

Segue link para a campanha do CATARSE, onde você encontrará os detalhes desse projeto e onde poderá fazer a compra antecipada do livro. Lembrando que apenas quem fizer a compra antecipada no CATARSE receberá recompensas especiais como fotos autografadas, prints das aquarelas do livro e aquarelas originais.

Então não perca tempo! Siga para www.catarse.me/saudadedoninho

14 comentários:

  1. Como? Eu nāo estou acreditando. Estou muito feliz, muito feliz. Com certeza vou fazer a compra antecipada. Amo casinhas de madeira e acompanho seu blog há anos. Parabéns! Muito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal né? Obrigado Márcia. Será um prazer autografar o seu exemplar.

      Excluir
  2. As casas de madeira são apaixonantes, parabéns pelo livro!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Olá! Poderá comprar antecipadamente se quiser pelo site do Catarse (www.catarse.me/saudadedoninho) e ganhar um presente bacana. Obrigado pelo interesse.

      Excluir
  4. Mas que alegria! Parabéns pelo livro e pela série tão bonita e sensível :)
    Mal posso esperar para ter uma cópia em mãos e me encantar pelas casas novamente. Já me vejo marcando as páginas que possuem as minhas fotografias, casas e histórias preferidas, já sei que vou folhear até encontrar a casa atrás da moita (e espero que a casinha da árvore esteja no livro também, amo a fotografia).

    Aguardarei o link do Catarse. Uma pena que no dia do lançamento do livro já não estarei mais em Curitiba, amaria comparecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mel! Que legal que curta tanto as belas coisas não óbvias de Curitiba. Onde você mora? O link para o Catarse é www.catarse.me/saudadedoninho. Obrigado

      Excluir
  5. Olá Washington, parabéns pelo projeto e livro. Já acompanhei seu projeto e fotos no passado pois vi numa das fotos a casa que foi de meu avô Carlos Santi, e onde nasci em 1946. Já aderi a contribuição de R$ 130,00, imprimi o boleto e estarei quitando esta semana. Se possível gostaria de receber a foto autografada da casa a que me referi. Será uma bela recordação desse registro. A casa a que me referido é a sétima na sequência de casinhas, a que tem uma janela de sótão, e ficava na Rua Mal. Hermes, 1492. Abraços Pedroair José Buest

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedroair. Sempre quis contatar alguém que tenha morado naquela casa, que para mim foi a mais bonita que já fotografei em Curitiba. Fotografei a casa quando ela estava ocupada (quando a descobri por acaso), mais tarde já vazia e poucos dias antes da demolição. Certamente reservarei a foto da casa para você. Se puder e quiser, poderia me contar a história da casa, da família e de como era morar nela? Poderia me passar por email? wctakeuchi@gmail.com

      Excluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.