sábado, 28 de julho de 2018

Eclipse lunar mais longo do século








Ontem tivemos a oportunidade de ver um fenômeno natural pouco comum, um eclipse total da lua e esse em especial foi o mais longo do século por uma conjunção de fatores, como o afastamento da terra em relação ao sol e da lua em relação à terra, que torna seu movimento mais lento e por isso, ela demorou mais para sair da sombra que o nosso planetinha lançou no espaço.

Dissseram também que essa foi uma "lua de sangue". Quando a lua está por trás da Terra em um eclipse lunar total, a luz solar não alcança diretamente a lua, porque incide na Terra. Então, no momento que acontece o alinhamento do eclipse, a luz do Sol passa pela atmosfera da Terra (que alcança aproximadamente 80 km desde a superfície) e incide na Lua com tons de vermelho.

A lua ganha o tom avermelhado por causa de um fenômeno físico conhecido como dispersão de Rayleigh. A radiação solar é composta por várias frequências eletromagnéticas com diferentes comprimentos de onda. A atmosfera absorve certas frequências e reflete a parte vermelha do espectro. (Fonte: Hipercultura).

Se não reparou nisso tudo, logo o fenômeno se repetirá. Coloque aí na agenda então e fique ligado na lua do dia 25/04/2032.

Um comentário:

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.