segunda-feira, 8 de março de 2010

Diário da Água - Eeva-Liisa Isomaa no MON


Flagrante de uma pessoa observando uma das obras da artista plástica Eeva-Liisa Isomaa, no Museu Oscar Niemayer em Curitiba. Aliás, o museu estava repleto de visitantes, pois o primeiro domindo de todo mês a entrada é gratuita, o que é uma iniciativa fantástica e de sucesso pela quantidade de pessoas que circulavam por todas as salas do museu. Esse domingo irá propiciar alguns posts.

Sobre a incrivel exposição da Finlandesa Eeva Isomaa, deu a seguinte notícia no site do Paraná Online:

De 05 de março a 04 de julho de 2010, o Museu Oscar Niemeyer traz a exposição "Diário da Água", da artista plástica e printmaker finlandesa Eeva-Liisa Isomaa.

Pela primeira vez no Brasil, Eeva exibe nesta seleção dez instalações, compostas por diversas peças, e oito obras. O conjunto apresenta uma retrospectiva da trajetória da artista, nos últimos 18 anos. A partir de bases fotográficas, ela imprime imagens em finos tecidos que, utilizados como suporte, conferem leveza, transparência e delicadeza aos trabalhos.

Além dos tecidos, são utilizados outros suportes na impressão de suas obras de conteúdo gráfico, como acrílicos e placas de metal. Resultado de muitas pesquisas, talvez o toque sedoso de seus trabalhos seja o que mais se aproxime do que Eeva acredita ser a paisagem: uma "imagem interna atravessando o limite entre o sonho e a realidade", para contar as memórias e o nascimento do universo. A água e a paisagem são constantes na temática explorada pela artista.

Com uma linguagem própria inovadora, em 1998, a finlandesa foi premiada nas bienais internacionais de Sapporo, no Japão, e de Praga, capital da República Checa. "Isomaa é inovadora na arte gráfica finlandesa. Ela experimentou novas técnicas nas suas obras e foi além dos limites dos métodos tradicionais da expressão gráfica", afirma o produtor e curador Edson Cardoso. Brasileiro, Cardoso mora em Helsinki há seis anos e é responsável pela AVA Galleria, que desenvolve um intenso trabalho de intercâmbio cultural entre o Brasil e a Finlândia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.