sábado, 12 de maio de 2012

Grupo de Caminhadas Observacionais - Água Verde - Mini Biblioteca





Uma bela surpresa descoberta pelo Mário (professor da UTFPR que organiza as nossas caminhadas) foi essa enorme (em intenções) mini-biblioteca.
Trata-se de uma casinha de madeira na Rua Petit Carneiro (penso eu), que foi adaptada para conter uma pequena quantidade de livros. Nas suas portas (abertas 24 horas) está escrito o seguinte recado: "Livros não devem ficar guardados, devem circular e levar conhecimento ao maior número de pessoas possível. Se você tem livros que já leu, traga para cá. Se você deseja ler algum, leve e se possível, devolva para aumentar nosso acervo, caso contrário, repasse para outra pessoa interessada. Boa leitura!"

Não é uma iniciativa sensacional? Uma pessoa que você não conhece lhe oferecendo cultura e de graça?

A dona dessa mini-biblioteca se não faz parte de uma comunidade de uma amiga blogueira (Jô Bibas), certamente tem total convergência com a filosofia. Trata-se da Freguesia do Livro. Nesse site você encontrará o seguinte texto:

Olha aí, freguesia, é a Freguesia do Livro que está chegando!
É o livro, bem fresquinho!
Livro de história, de criança, de gente grande, de escola!
É o livro, que vai mudar a sua história, freguesia!
Levando um livro, bem fresquinho, você abre uma janela.
Levando mais livros, você abre as portas dos seus sonhos, freguesia!


Permita que mais pessoas tenham acesso aos livros, libertando os seus. Livros livres abrem portas para novos sonhos. Você pode doar livros. E você também pode sugerir locais onde podemos formar pequenas bibliotecas: o salão de beleza que você frequenta, a panificadora, a sala de espera do seu médico, no refeitório da sua empresa, em alguma instituição ou hospital do seu bairro, no restaurante onde você almoça todos os dia. É fácil, sem compromisso e você estará nos ajudando a espalhar cultura.

Acesse o site da Freguesia do Livro e descubra com detalhes o que é, como doar os seus livros e onde doar. São pessoas assim que podem transformar o mundo em algo melhor, em algo que se possa olhar com esperança.

Parabéns ao idealizador da Mini-biblioteca e à Freguesia do Livro. Isso prova que uma boa ação não depende de dinheiro (ou muito dinheiro), mas de uma boa intenção e principalmente de ação!

7 comentários:

  1. Washington, agradeço muito o apoio à Freguesia! Está na hora de tomarmos um café!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Jô! O trabalho belíssimo que vocês fazem merece e precisa ser divulgado. Quanto ao café, será um prazer.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, Takeuchi. Sobre a MiniBiblioteca? Veja os detalhes no link a seguir. O meu amigo, o jornalista Alessandro Martins é o responsável pela bela e estimulante ideia, aqui em Curitiba.

    Veja o link ~> http://livroseafins.com/minibiblioteca-inaugurada/

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Professora! Que legal! Obrigado pelo link e pelas informações.

    ResponderExcluir
  5. Tenho orgulho de ter participado no início da "mini" doando 5 exemplares do
    meu livro infanto-juvenil "História de um livro", pela Editora Scortecci.
    Sucesso maior à mini!

    ResponderExcluir
  6. Tenho orgulho em participar no início da “mini”com 5 exemplares do meu livro
    “História de um livro”, editado pela Scortecci.
    Mais sucesso à Mini!

    ResponderExcluir
  7. Oi Jackson. Um belo gesto o seu. Espero que seu livro tenha passado por boas mãos.

    ResponderExcluir

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.