quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Um pouco mais sobre o Jockey Club do Paraná





A história do Jockey Club do Paraná teve início no dia 02 de dezembro de 1.873, com a eleição de sua primeira Diretoria. O Prado Jácome, localizado onde hoje existe o Asilo Nossa Senhora da Luz (Rua Marechal Floriano Peixoto) foi inaugurado em 29 de janeiro de 1874.
O primeiro Grande Prêmio da história do turfe do Paraná recebeu a denominação de Grande Prêmio “Dezenove de Dezembro” aconteceu em 6 de janeiro de 1887.
No final do século as exigências do público era por melhores instalações e a sociedade passou a trabalhar na construção de um novo prado. A inauguração do Hipódromo do Guabirotuba aconteceu em 25 de junho de 1899. O Grande Prêmio Paraná, prova máxima do turfe local, foi corrido pela primeira vez no dia 20 de dezembro de 1942.
Em 1948 muitos já achavam que o prado do Guabirotuba não oferecia as melhores condições. Assim, em setembro daquele ano, foram iniciadas as negociações para compra do terreno do Tarumã. No dia 31 de agosto de 1950 o Governador Moyses Lupion autorizou a aquisição de área necessária, e desta forma o terreno do Guabirotuba passou para o estado e uma área no Bairro do Tarumã passou para o Jockey.
No dia 10 de dezembro de 1955, às 11 horas da manhã, realizou-se a solenidade oficial de inauguração da sede do Tarumã do Jockey Club do Paraná, com as presenças do Governador Bento Munhoz da Rocha Netto, Prefeito Ney Braga e outras autoridades. Essas informações todas obtive do site do Jockey Club do Paraná.
Não tenho muitos detalhes, mas sei que o Jockey Club está passando por uma situação difícil. Desde 20/06/2014 não acontecem novas corridas. A carta-patente, concessão do Ministério da Agricultura, foi cassada há oito meses por problemas administrativos, pelo que pude apurar na internet.
A solução do ponto de vista financeiro do problema parece estar bastante adiantada. Parte da área do clube foi arrendada por 30 anos para a construção do Jockey Plaza Shopping. O empreendimento terá cerca de 200 mil metros quadrados de área construída e a previsão, segundo li num documento afixado na entrada do clube, é de que em 2017 o shopping fique pronto. O Jockey irá receber 10% do faturamento líquido das lojas, que deve ser utilizado para pagamento da folha de funcionários, manutenções e melhorias do clube para as corridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou desse post? Seu comentário é muito bem-vindo.